Gazeta Digital

Jovens atores preparam espetáculo de teatro que conta lendas pantaneiras

Reprodução

Reprodução

Em Barão de Melgaço, jovens do Projeto Saracura estão preparando um espetáculo para ser apresentado para toda a população pantaneira. Essa é a primeira vez que  o projeto vai apresentar um trabalho artístico. O Coordenador Hélio Taques, que dirige o espetáculo também, diz que os alunos estão em preparação desde julho tendo aulas de improvisação, jogos teatrais, expressão corporal, perna de pau entre outros conteúdos que fazem parte do curso livre de teatro que o Projeto Saracura oferece gratuitamente aos jovens da cidade de Barão de Melgaço.

 

Leia também - Menina que morou no Beco do Candeeiro é adotada aos 9 anos

 

Contação, peça de teatro escrita por Taques, é um espetáculo que conta as lendas pantaneiras e do folclore brasileiro com muita música, utilizando bonecos e objetos que são manipulados pelos atores. No elenco, jovens talentos como Eliza Queiroz, Lucas Arruda, Flávia Roniely, J Magalhães,  Kris Santos, Luinha Taques, Rodolfo Amorim, Marlon Ferreira, Nicollas Liuen, Amanda Taques, Júlia Mel, Poliane Damilles  e no figurino Domingas Taques.

 

“É uma encenação alegre, divertida e lúdica. Os atores são dedicados e muito talentosos. Estão ansiosos para estreia, é a primeira vez que sobem ao palco com todos os ritos tradicionais do teatro”, afirma o diretor do Projeto Saracura.

 

No palco, 12 atores interpretam, dançam e cantam histórias como a de dona Maiota, Maria Taquara, Minhocão do Pari, lendas do tuiutuiú, do Saci Pererê e da Baía de Chacororé, entre outros.            

 

Artista e professor, Hélio Taques, vem desenvolvendo em Barão de Melgaço o Projeto Saracura que visa resgatar a arte e desenvolver a cultura entre jovens ribeirinhos do Pantanal mato-grossense.

 

“É tenho percebido a falta de perspectiva dos jovens do pantanal há um bom tempo, eles acabam ficando vulneráveis às drogas e a prostituição e a arte tem poder de desenvolver nesses jovens a esperança, a ética, o amor e consequentemente devolvendo a alegria e dando perspectiva de vida. Colocar esses jovens talentos no palco é dar oportunidade a eles chegarem aonde eles quiserem. A arte é libertadora.” diz Taques.

 

Embora a estreia do espetáculo Contação seja em dezembro, o público melgacense poderá ver uma prévia no dia 12 de outubro. Os atores farão um ensaio aberto da peça para as crianças da cidade e logo depois o Projeto Saracura distribuirá mais de 600 brinquedos para as crianças pantaneiras. 

 

“Essa é uma ação solidária do Saracura e é resultado de parcerias com o Colégio Alicerce de Cuiabá e uma série de pessoas, amigos do Saracura,  de corações nobres que fizeram as doações”.            

 

Taques afirma que a pretensão do Projeto é crescer e oferecer outras modalidades artísticas e esportivas para as crianças e jovens do pantanal.

 

Siga o Projeto Saracura nas redes sociais e contribua para resgatar a arte e a cultura no pantanal de Mato Grosso.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br