Gazeta Digital

'Bibi Perigosa de VG' entrega celular a membro do Comando Vermelho dentro de Fórum

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Agentes penitenciários apreenderam dois microcelulares com o preso Brendon Kaike Vieira Dutra, na quinta-feira (10). Os aparelhos estavam escondidos em chinelos e foram entregas pela companheira do réu, durante audiência do Fórum de Cuiabá. O homem é acusado de pertencer ao Comando Vermelho e a mulher testemunhava em seu favor na data do crime.

 

Leia também - Menor confessa ter esfaqueado vizinha até a morte em Mato Grosso

 

A companheira do preso, Cleiza de Lima, conhecida como “Bibi perigosa de VG”, foi interrogada como testemunha de defesa em ação na qual o marido é réu por tentar matar uma escrivã da Polícia Civil. O crime aconteceu em 2016, na avenida Fernando Corrêa da Costa. A audiência foi presidida pelo juiz Flávio Miraglia, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá.

 

O casal estava proibido de manter qualquer contato, porém, na audiência, o juiz permitiu que ambos conversassem. Ao fim do interrogatório, Cleiza e Brendon se beijaram e trocaram carícias, enquanto, discretamente, trocaram os chinelos que calçavam.

 

A troca foi percebida pelos agentes que escoltavam o preso e, antes de levá-lo de volta à Penitenciária Central do Estado (PCE), revistaram o calçado. Os aparelhos e carregadores foram encontrados no interior da sola e apreendidos. Foi registrado boletim de ocorrência do crime.

 

A mulher conseguiu ir embora com o chinelo do homem, trocado na audiência. “A situação foi informada aos responsáveis pelo Fórum, ao magistrado, ao diretor da Penitenciária Central do Estado (PCE) e foi registrado boletim de ocorrência, conforme procedimento de praxe”, diz nota emitida pela Secretaria de Estado de Segurança (Sesp).

 

Cleiza já foi presa e é acusada de fornecer armas e ordenar crimes a mando do marido preso. Brendon é acusado por homicídios e outros crimes.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br