Gazeta Digital

Bombeiros podem cobrar por taxa de incĂȘndio, decide TJMT

Secom-MT

Secom-MT

A Turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça acatou o voto do relator, desembargador Mário Roberto Kono de Oliveira, e considerou constitucional a cobrança da Taxa de Prevenção e Combate a Incêndio – Tacin por parte do governo do Estado.

 

A decisão foi por unanimidade dos desembargadores e juízes que compõem a Turma. 

 

Leia também - Deputados aprovam 'flexibilização' da lei ambiental em MT

 

O Mandado de Segurança Cível contra a cobrança da Tacin foi apresentado em julho passado. O contribuinte sustentava que era um ato apontado como ilegal do governador de Mato Grosso e o Secretário de Estado de Fazenda a cobrança da taxa. 

 

A contra argumentação foi apresentada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e acatada integralmente pelo desembargador Mário Roberto Kono de Oliveira.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br