Gazeta Digital

Governador quer criar ambiente que propicie novos investimentos no Estado

Tchélo Figueiredo/Secom-MT

Tchélo Figueiredo/Secom-MT

De volta à vida política-partidária um ano depois das eleições, o governador Mauro Mendes (DEM) destacou na segunda-feira (28) que a gestão do Estado busca criar uma ambiência negocial que propicie a realização de novos investimentos em Mato Grosso. Tudo para que o Estado potencialize sua capacidade produtiva e possa sair da crise que vive desde 2015. 

 

No encontro do PDT, Mauro lembrou que vem sofrendo com a estagnação da economia, mas que é um estado diferente, com grande capacidade produtiva. No entanto, essa capacidade é freada por questões burocráticas e pela logística. 

 

Leia também - Mauro compara gestão com a de Taques e diz que estado está melhor

 

Mauro lembrou que mesmo com produção recorde, o estado ainda carece de formas para transportar o que é produzido e que isso precisa mudar para que Mato Grosso possa crescer. "Só o crescimento econômico é que gera oportunidades", disse o comandante do Palácio Paiaguás. 

 

O governador destacou que o crescimento econômico precisa estar alinhado com uma política de Estado que cuide das pessoas. "Esse é o papel do Estado, fazer o bem e criar oportunidades. A China é um país comunista, mas que viu no crescimento econômico uma oportunidade. A China tem mais de 400 milhões de pessoas na clase média, isso equivale a duas vezes a população do Brasil. O país fez isso porque gerou riqueza, oportunidades e empregos. Há pouco mais de meio século houve um êxido no país, as pessoas deixam a China porque morriam de fome por falta de oportunidade", disse. 

 

Para o gestor, é preciso pegar esses exemplos e entender o caminho que eles encontraram que permitiu o grande crescimento. "Esse é o papel da nova política", discursou aos filiados do PDT. 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br