Gazeta Digital

'Não envelheci ainda. O dia que envelhecer, eu falo', garante Elza Soares aos 82 anos

Divulgação

Divulgação

Duas décadas após ser eleita a ‘Melhor Cantora do Milênio’ pela BBC de Londres, Elza Soares está longe de sentir o peso de seus 82 anos de vida.

 

Leia também - Plano de Bolsonaro pode extinguir 34 municípios em MT; veja quais

 

Em mais de 60 anos de carreira, ela acumula uma discografia com 84 títulos, 17 pinos na coluna e uma coletânea de dores e alegrias da mulher preta, filha de uma lavadeira com um operário, criada na favela de Água Santa, no subúrbio do Rio de Janeiro.

 

Tanto que a cantora é direta ao rejeitar qualquer questionamento que a coloque na posição de vítima da própria história (e da idade). “Eu continuo a mesma. A Elza viva. Com os mesmos sentidos e desejos. Seguindo a vida. A que você conheceu de salto 15 dançando e cantando no palco.”

 

Nas últimas duas décadas, ela conseguiu fazer da trajetória pessoal matéria-prima para ressignificar tragédias, atualizar o discurso, dialogar com novas gerações e, assim, se transformar em uma das principais vozes da juventude brasileira.

 

O R7 Estúdio mergulha no universo da cantora e, com a ajuda dela, de amigos e músicos, sai em busca do que a faz cada dia mais jovem (na disposição e no conteúdo).

 

Leia a reportagem completa aqui.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br