Gazeta Digital

Prefeito anuncia entrega do Nico 2 para janeiro de 2020

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Sorteados com casas do Residencial Nico Baracat 2 e 3 estarão morando em suas residências até abril do ano que vem. O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que irá se reunir com o superintendente da Caixa Econômica Federal (CEF) ainda nesta sexta-feira (22) para tratar da retomada da obra e a pretensão é entregar o Nico 2 em janeiro e o 3 no aniversário de 301 anos de Cuiabá.

 

Leia também -Colniza decreta calamidade pública por falta de segurança

 

As 3 etapas no Nico Baracat compreendem 1.249 casas e foram construídas com dinheiro federal, por meio do programa Minha Casa Minha Vida. A obra foi lançada em 2012 e 2013. O Nico 1 já foi entregue e a previsão para entrega do Nico 2 era para setembro de 2017, mas isso nunca ocorreu.

 

Os sorteados realizaram inúmeros protestos em frente ao residencial e tiveram a promessa de receberem as casas da 2º etapa em setembro de 2019, mas o acordo não foi cumprido pela Prefeitura de Cuiabá.

 

“O governo Federal disse que não vai botar mais nenhum centavo. O governo do Estado disse que não vai colocar mais nenhum centavo. E esses milhares de famílias que estão esperando? Que não têm onde morar e estão de favor ou pagando um aluguel que sacrifica o orçamento delas? Eu falei com o superintendente da Caixa e ele me disse que o governo Federal não ia investir mais nada. Avaliou que para entregar as casas no Nico Baracat 1 precisava de R$ 1,4 milhão. O Nico Baracat R$ 1,4 milhão a R$ 1,5 milhão e o 3, que é o que está mais depredado pois houve muita invasão, vai ficar mais ou menos R$ 2,5 milhões”, disse o gestor.

 

Pinheiro afirmou que diante dos números chamou para si a missão de concluir a obra com recursos do Município e já encaminhou o projeto para a Câmara, que aprovou a liberação de até R$ 5 milhões para investimento nas casas. Pontuou que sancionaria a mensagem ainda na quinta-feira (22) para que se reunisse hoje com a Caixa Econômica.

 

“Vou tomar todas as medidas necessárias para entregar o Nico 1, se possível, até janeiro e entregar o Nico Baracat 3, trabalhando muito duro com muito esforço, até o aniversário de 301 anos de Cuiabá. É essa minha determinação”, anunciou.
Pinheiro considera que “O Nico Baracat é uma judiciarão com a população mais humilde”.

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br