Gazeta Digital

Investigação sobre grampo será reaberta na Justiça Militar

João Vieira

João Vieira

Junto com a decisão de praticamente inocentar todos os militares envolvidos no escandâlo de escutas ilegais, conhecido como grampolândia pantaneira, a Justiça determinou a reabertura das investigações do caso por conta da chegada de novos documentos que ainda não foram analisados. 

 

Com isso, o Conselho de Justiça Militar determinou a abertura de um novo inquérito para apurar o caso. 

 

Leia também - STJ marca julgamento de processo retorno dos conselheiros ao Tribunal de Contas

 

Nos autos foram adicionados documento que estão em sigilo, resguardado pelo segredo de justiça. 

 

O Ministério Público pode aproveitar essa reabertura e denunciar os militares no artigo 10 da lei 9296/1996, que dispõe sobre o crime de interceptação telefônica sem autorização. Eles também podem ser denunciados por organização criminosa, já que atuaram em conjunto. 

 

Uma fonte revelou ao #GD que há questões pendentes a serem analisadas e todos serão reinvestigados, inclusive os coronéis envolvidos no esquema. 

 

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br