Gazeta Digital

Ilha em que vulcão entrou em erupção 'não tem sinal de vida'

George Novak / New Zealand Herald / via AP Photo

George Novak / New Zealand Herald / via AP Photo

A polícia da Nova Zelândia acredita que não há sobreviventes na Ilha Branca depois que um vulcão entrou em erupção na manhã desta segunda-feira (9).

 

Leia também - Vulcão entra em erupção e deixa 5 mortos e 18 feridos na Nova Zelândia

 

“Nenhum sinal de vida foi encontrado até agora”, diz uma nota postada pelas autoridades. “Baseado na informação que nós temos, nós não acreditamos que haja outros sobreviventes na ilha”.

 

Ainda não se tem a confirmação de quantas pessoas estavam na ilha no momento da explosão, mas a polícia tinha dito anteriormente que cerca de 50 turistas estavam na Ilha Branca. Até agora, é certo que 5 turistas morreram.

 

A polícia acredita que cidadãos da Nova Zelândia e de outros países estavam na ilha no momento da erupção.

 

Pelo Twitter, um turista americano contou que tinha acabado de deixar a ilha quando o vulcão entrou em erupção. A Ilha Branca é privada e oferece passeios turísticos no local, incluindo um passeio na borda da cratera do vulcão.

 

Pelo Instagram, um casal brasileiro contou que também estava no barco deixando a ilha quando o vulcão explodiu. A brasileira, Aline Moura, conta que no domingo (8) a empresa responsável pelos passeios havia identificado uma atividade estranha no vulcão, mas manteve os passeios marcados.

 

O vulcão Whakaari entrou em erupção três vezes no domingo, segundo a prefeita de Whakatane, cidade perto da Ilha Branca, Judy Turner.

 

“Nós fomos informados sobre a situação em Whakaari/Ilha Branca continua extremamente volátil”, disse, segundo a CNN.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br