Gazeta Digital

Deputado acusa governador de não dialogar com entidades

Karen Malagoli/ALMT

Karen Malagoli/ALMT

O deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) usou as redes sociais para tecer críticas ao governador Mauro Mendes (DEM), o acusando beneficiar apenas alguns empresários e produtores, classificado-os de "amigos do rei". O parlamentar afirmou que Mendes não aceita opiniões e não dialoga com as entidades representativas dos servidores públicos.

 

"Um governo de Estado que discrimina uma parte de deputados e que recebe apenas os amigos do rei, um governo de Estado que tenta a todo custo emplacar seus desejos tributários pessoais a uma parte da sociedade que não tem os mesmos benefícios que uma meia dúzia de barões que segue imunizada", diz trecho da publicação. 

 

Leia também - Relatório sobre Hospital Central aponta ligação de empreiteira com governo

 

O parlamentar ainda acusa o governo de "ceifar" os direitos dos servidores públicos, como o não cumprimento da reposição inflacionária conhecida como revisão geral anual (RGA), o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).

 

"Do ano de 2018 a 2022 a sociedade mato-grossense pode esperar apenas o pior, espere apenas as leis da mordaça de um governo que governa para meia dúzia de ricos ficarem mais ricos e milhares de mato-grossenses ficarem mais pobres com aumento de impostos em áreas como remédio, etanol, alimentos, material de construção e outros como aumento de taxas do Detran", escreveu o parlamentar.

 

Apesar das duras críticas, ele garente que não fará oposição ao governo na Assembleia, mas que atuará de maneira independente. "Peço a Deus sabedoria ao governador e que este reflita sobre suas decisões e seus planejamentos, não sou inimigo do governo, não sou oposição e nem situação do governo, sou um defensor dos menos favorecidos, não podemos permitir que nosso estado aumente a fome e a miséria, um estado tão rico que beneficia apenas poucos milionários".

 

Confira o texto na íntegra:     

"Teremos uma semana difícil e um ano complicado com um governo que não aceita opinião e que não ouve as pessoas, não dialoga com entidades representativas de classes trabalhadoras e sociais, um governo de estado que discrimina uma parte de deputados e que recebe apenas os amigos do rei, um governo de estado que tenta a todo custo emplacar seus desejos tributários pessoais a uma parte da sociedade que não tem os mesmos benefícios que uma meia dúzia de barões que segue imunizada, um governo de estado que ceifa os direitos dos servidores públicos, não honrando leis de direitos salariais e carreiras e que busca reduzir salários e nem se quer respeita lei federal vigente, não tem cumprido com áreas essenciais da segurança pública, como viaturas e fardamento aos policiais, do ano de 2018 a 2022 a sociedade matogrossense pode esperar apenas o pior, espere apenas as leis da mordaça de um governo que governa para meia dúzia de ricos ficarem mais ricos e milhares de matogrossenses ficarem mais pobres com aumento de impostos em áreas como remédio, etanol, alimentos, material de construção e outros como aumento de taxas do Detran, votei contra toda essa patifaria, fui contra a lei da cota zero da pesca (projeto suspenso) e tem uma série de outras situações prejudiciais a sociedade, lamentável um governo que deixa o oportunismo falar mais alto e a discriminação a quem defende os interesses da sociedade num todo, eu não me canso de dizer que um dos caminhos é o corte de benefícios fiscais de isenção de impostos a uma banca de bacanas "amigos do rei", mas o governo insiste em criar mais impostos e aumentar os que já temos vigente a nossa população mais humilde pagar  uma conta que não lhes compete, peço a Deus sabedoria ao governador e que este reflita sobre suas decisões e seus planejamentos, não sou inimigo do governo, não sou oposição e nem situação do governo, sou um defensor dos menos favorecidos, não podemos permitir que nosso estado aumente a fome e a miséria, um estado tão rico que beneficia apenas poucos milionários! 

 

Que venha 2020, continuarei honrando meu mandato de legítimo representante eleito pelo povo e pela classe militar e servidores públicos de Mato Grosso!!!"


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br