Gazeta Digital

MPF pede multa e prisão de quadrilha de desmatamento ilegal

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Operação Soberania Nacional - Desmatamento / Árvores / Árvore / Madeira / Madeireira / Fiscalização / Ibama

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou uma quadrilha envolvida no desmatamento ilegal de terra indígena no interior de Mato Grosso à Justiça Federal. Na ação, o MPF pede a condenação dos envolvidos, além do pagamento de reparação ambiental de, no mínimo, R$ 41,2 mil.

 

A quadrilha foi descoberta em uma operação realizada em novembro de 2017, na terra indígena Sararé, localizada no município de Conquista D’Oeste (571 km a oeste de Cuiabá). Os envolvidos extraiam a madeira para vender ilegalmente.

Segundo o MPF, o crime cometido pelos denunciados causou grave dano ambiental, que tem difícil reparação, por causa da extensão do desmatamento.

 

Leia também - Justiça mato-grossense nega devolução de cachorro para mulher que doou o animal

 

“Além de estimular a exploração ilegal das florestas e dos recursos naturais nelas existentes, a exploração de recursos naturais constatada no local traz consigo consequências danosas como o afugentamento da fauna silvestre, a diminuição da biodiversidade, a destruição de habitats, alterações físico-químicas do solo, alterações microclimáticas, entre outros impactos indiretos”, aponta o MPF na denúncia.

 

Nesse sentido, o dano moral fora causado pela conduta delituosa não só a sociedade envolvente como um todo, mas principalmente à própria comunidade indígena possuidora das terras da Sararé e que dela dependem para reproduzir-se física e culturalmente. (Com informações da assessoria)


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br