Gazeta Digital

Corrida custa R$ 20 e motorista de aplicativo cobra R$ 20 mil e acaba presa

Site Só Notícias

Site Só Notícias

Um casal suspeito de prática de estelionato foi preso pela Polícia do município de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá). A mulher de 27 anos, com 15 registros de ocorrências policiais, estava atuando como mostorista de aplicativo e cobrou R$ 4 mil de uma corrida que custava R$ 20. 

 

A suspeita foi autuada em flagrante  e o homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão, os dois na quinta-feira 27.

Logo que o cliente observou a quantia errônea cobrada, a motorista foi procurada para fazer o ressarcimento, e como forma de devolução a mesma entregou à vítima uma folha de cheque preenchida no valor de R$ 4 mil. Porém, ao fazer a consulta do cheque foi verificado que se tratava de produto de furto ocorrido em outubro de 2019, na cidade de Sorriso.

 

Leia também - Motoqueiro mata homem com 3 tiros dentro de oficina em Sorriso


Na ocasião do furto em Sorriso, a suspeita foi detida em flagrante e ficou presa por mais de 30 dias, em uma unidade prisional feminina de Nortelândia. Segundo apuração, ela possuía vários cheques da vítima moradora de Sorriso e estava utilizando as ordens de pagamento para outras vítimas.

Já o seu companheiro foi detido ao comparecer na Delegacia de Polícia de Sinop para fazer a retirada do veículo que a esposa conduzia no momento da abordagem. Contra o homem foi constatado um mandado de prisão em aberto, decretado pela Comarca de Sorriso em novembro de 2019, também por estelionato.

A suspeita autuada em flagrante por estelionato. Após as providências cabíveis, ambos foram encaminhados para audiência de custódia do Poder Judiciário. (Com informações da assessoria)


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br