Gazeta Digital

Veterinária desmente vídeo e alerta que vacina é só para animais

Mayke Toscano/Secom

Mayke Toscano/Secom

O coronavirus que atinge animais não é o mesmo que acomete humanos e a vacina aplicada nos bichos não serve para a população. A veterinária Andreia Straglioto explica que vídeos que circulam nas redes sociais propagam mentiras sobre o a contaminação sobre o vírus.


Leia também - Mendes rebate Bolsonaro e mantém restrição social em MT

Em uma filmagem que circula nas redes sociais, o autor afirma que o coronavírus existe há muito tempo e que a pandemia seria uma “invenção” dos chineses para impulsionar o crescimento da economia, gerando o terror entre outros países.


“Isso é uma inverdade. O coronavírus em cães foi descoberto há décadas, mas ele não e o mesmo que contamina humanos. A vacina disponibilizada há anos para prevenção da doença em cães só pode ser aplicada em animais”, ressalta. A médica veterinária esclarece que a vacina animal previne vários outros vírus, além do coronavirus.


Além dos cães, o coronavírus também contamina gatos e gado, mas não é transmissível entre as espécies e aos humanos. Um cão só transmite a doença e animais da mesma família, como logo e cachorro do mato, por exemplo.


Até mesmo os sintomas da contaminação entre os animais são diferente dos registrados em humanos.


As clinicas veterinárias estão atendendo normalmente, mas a orientação é que apenas uma pessoa leve o animal até o médico veterinário. Caso o dono esteja em grupo de risco, é oferecido serviço de busca e entrega do bicho.


Quem for identificado compartilhando informações falsas que criem alarde entre a população, será notificado a depor na delegacia e penalizado pela contravenção.


Denúncias sobre materiais “fake news” (áudio ou vídeo) podem ser feitas pelo telefone (65) 99973-4429 ou enviar mensagem eletrônica no e-mail: gecat@pjc.mt.gov.br

 

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br