Gazeta Digital

Cuiabá tem aumento de 11% nos casos de tuberculose em 2019

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Cuiabá registrou um aumento de 11% nos casos de tuberculose de 2018 para 2019. Transmitida pelo bacilo de Koch, é uma das doenças infectocontagiosas que mais causam mortes no país. Em Cuiabá foram 403 casos em 2019, contra 363 no ano anterior.


Para se ter uma ideia, a incidência da doença em Cuiabá é maior do que a média brasileira, de 35 casos a cada 100 mil habitantes. Na Capital, em 2019, foram 65,8 novos casos a cada 100 mil habitantes.

 

Leia também - Carregamento de caixões causa pânico em cidade de MT


Já no estado, foram 1.140 diagnósticos em 2019 e 1.114 em 2018, ou seja, um aumento de 2,33%. Os dados do ano passado ainda não foram fechados pelo Ministério da Saúde, porém, em 2018, foram 58 mortes por tuberculose em Mato Grosso.


Um dos maiores problemas enfrentados em relação à doença é o abandono ao tratamento - que é realizado gratuitamente. Em 2018, por exemplo, dos 363 pacientes que começaram o tratamento, apenas 73 terminaram, o que significa que apenas 20% dos doentes concluíram o período de medicação.


No Brasil, em 2019, foram registrados 73,8 mil novos casos da doença, que atingiu 10 milhões de pessoas no mundo. No país, o tratamento oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) dura, em média, 6 meses, porém, a grande maioria dos pacientes para com a medicação nas primeiras semanas, quando começa a melhora.


O principal sintoma da doença é a tosse seca ou produtiva por mais de 3 semanas. Também são sinais da tuberculose a febre vespertina, suor excessivo durante o sono, emagrecimento e constante cansaço e fadiga.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br