Gazeta Digital

Viaduto da Av. das Torres avança para a fase de pré-laje

Luiz Alves/Sicom-MT

Luiz Alves/Sicom-MT

Localizado na Avenida Edna Maria Albuquerque Affi (Av. das Torres), o elevado possui 200 metros de extensão e recebeu 64 vigas ao longo de sua estrutura. O Município investe R$ 16.340.726,63 na execução da obra. A Prefeitura de Cuiabá finalizou na última semana o processo de instalação das vigas de concreto no viaduto José Maria Barbosa  - Juca do Guaraná “Pai”. 

 

Conforme o projeto, coordenado pela Secretaria de Obras Públicas, o trabalho prossegue agora para o estágio que compreende a construção da pré-laje. A previsão é de que essa etapa seja concluída até o fim deste mês de abril e, posteriormente, avance para a edificação da laje, que serve de base para a concretagem da pista de rolamento.

 

No local, já foram superadas as etapas de meso e infraestrutura, que compreendem a fundação das estacas raízes, concretagem das bases, levantamento dos pilares de sustentação e dos pórticos. De acordo com a Secretaria, com a fixação das vigas e início da pré-laje, a obra chegou a 50% do seu cronograma de execução. 

 

“O mais importantes é que a construção segue um padrão técnico que permitirá que milhares de pessoas usufruam de uma estrutura de qualidade. Além dos vários cálculos feitos por uma equipe de engenheiros capacitados, cada etapa conta com o auxílio de softwares, capazes de fazer desenhos, representações e simulações necessárias para o melhor desenvolvimento do trabalho”, explica o secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues. 

 

O viaduto leva o nome do ex-vereador por Cuiabá, José Maria Barbosa  - Juca do Guaraná "Pai". Falecido em julho de 2018, Juca fez um mandato marcante na Câmara Municipal, na legislatura de 2008 a 2012. Em sua passagem pela política, prestou grande colaboração para o desenvolvimento do município, principalmente com ações voltadas para a área social. Além da trajetória política, também teve atuação destacada no campo comercial.

 

Na Beira Rio

A Avenida Manoel José de Arruda (Beira Rio) também constará com uma estrutura semelhante. Neste momento, a obra no local se encontra nas fases de fundação das estacas raízes e concretagem das bases e pilares de sustentação. Para este elevado, o investimento é de R$ 13.992.929,79.

 

O viaduto é batizado de Murilo Domingo em homenagem ao ex-prefeito de Várzea Grande e ex-deputado federal por Mato Grosso, falecido aos 78 anos. Além da atuação política e comercial, exerceu um fundamental papel no campo ambiental. Murilo foi uma das primeiras lideranças políticas a levantar discussões e a promover ações concretas de preservação do Rio Cuiabá, como a soltura de mais de 5 milhões de filhotes de peixes.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br