Gazeta Digital

PM acusado de sequestro e venda de armas ganha promoção

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Um policial militar, que já foi acusado de crimes como sequestro, extorsão, cárcere privado, roubo e venda ilegal de armas, conseguiu reaver duas promoções e deixa de ser capitão para se tornar tenente-coronel. M.L.P.S. também tem em seu histórico o comércio ilegal de madeira, que foi investigado pela Operação Curupira, em 2005.

 

O policial conseguiu reaver as promoções suspensas durante os processos criminais que enfrentou. Em 2017 ele chegou a ser expulso da Polícia Militar, mas conseguiu retornar à corporação através de recurso.

 

Leia também - Falsa médica é condenada por exercício ilegal da profissão

 

Nos crimes de extorsão, roubo, sequestro, cárcere privado, violação de domicílio, falsificação de documentos e uso de documento falso ele não foi condenado por causa da prescrição do caso, ou seja, se passou muito tempo entre o delito e o julgamento.

 

Ele conseguiu a promoção para major, que terá os salários desde abril de 2014 pagos como forma de ressarcimento, e para tenente-coronel a partir de abril de 2018, aumento de vencimento que também será pago de forma retroativa.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br