Gazeta Digital

Prefeito investiga secretário de Finanças por fraude em contrato

Marcello Casal Jr/AB

Marcello Casal Jr/AB

O prefeito de Araputanga (345 km a oeste da Capital), Joel Martins de Carvalho (PSB), abriu um processo administrativo contra o próprio secretário de Finanças, Luís Carlos Henrique, por fraude no contrato de uma empresa de publicidade. No entanto, segundo investigação do Ministério Público do Estado (MPE), Joel também tem participação no esquema.

 

A abertura do processo ocorre após o MPE apontar "para a materialidade e autoria de ilícitos administrativos". A Justiça afastou Luís Carlos do cargo e bloqueou R$ 715,6 mil das contas dele, além de determinar o bloqueio de R$ 1,7 milhão do prefeito.

 

Leia também - Ministério Público cria 'vale covid' que custará R$ 680 mil por mês

 

Segundo a ação do Ministério Público, a empresa de publicidade do secretário foi contratada pelo prefeito para serviços de assessoria, porém, estava prestando serviço para a prefeitura, mas sem a formalização do contrato e sem licitação.

 

O caso será apurado pela Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar, que ouvirá servidores e pessoas ligadas à empresa. O prazo para conclusão é de 60 dias, que pode ser prorrogado por mais dois meses.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br