Gazeta Digital

Combustível em VG é mais barato que em Cuiabá, mostra estudo

Fernando Frazão

Fernando Frazão

Abastecer em Várzea Grande é mais vantajoso do que em Cuiabá, pelo menos na última semana. O levantamento foi realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) entre os dias 3 e 9 de maio e, apesar de pequenas, as diferenças podem gerar economia no final do mês.

 

A média da gasolina encontrada em Cuiabá foi de R$ 3,75, enquanto na cidade vizinha foi de R$ 3,68, uma diferença de 1,8%. Na prática, para abastecer um tanque de 50 litros, o motorista gastaria R$ 187,50 na Capital e R$ 184 em Várzea Grande.

 

Já na comparação do preço do etanol, a diferença entre a média das duas cidades é de R$ 0,10, o que representa 4,27%. Para um tanque de 50 litros, em Cuiabá o condutor gastaria R$ 117 e em Várzea Grande R$ 112.

 

Leia também - 80% dos brasileiros sofrem impacto financeiro na pandemia

 

E para as caminhonetes e caminhões, a diferença do diesel foi de 4,98%, sendo R$ 3,31 em Cuiabá e R$ 3,05 em Várzea Grande. Para se ter uma ideia, a média paga por 50 litros de diesel na Capital foi de R$ 160,50 e na Cidade Industrial de R$ 152,50.

 

O levantamento também analisou os preços de combustíveis em Alta Floresta (803 km ao norte da Capital), Cáceres (225 km a oeste), Rondonópolis (212 km ao sul), Sinop (500 km ao norte) e Sorriso (420 km ao norte).

 

No estado, o preço médio mais caro da gasolina foi encontrado em Sorriso, com R$ 4,03 por litro. Já o etanol com o valor mais alto foi o de Sinop, por R$ 2,60. E o diesel mais caro foi o de Alta Floresta, por R$ 3,55 cada litro.

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br