Gazeta Digital

7 prefeitos se reúnem para unificar ações na pandemia

Ney Pinheiro/Assessoria

Ney Pinheiro/Assessoria

Os prefeitos de Cuiabá, Acorizal, Barão de Melgaço, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia e Santo Antônio do Leverger se reuniram na quarta-feira (13) para debater a unificação das ações no combate ao novo coronavírus.

Os representantes dos municípios da Baixada Cuiabana discutiram sobre as medidas necessárias para conter a transmissão da covid-19.

 

“Pandemia não tem fronteiras e por isso Cuiabá é Mato Grosso neste momento. A maioria dos municípios não tem estrutura técnica para fazer frente a esse vírus", explicou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

 

Entre as preocupações de Pinheiro está a vinda de pacientes para a Capital, que possui a estrutura mais preparada para esse tipo de atendimento.

 

Leia também - Requerimento para criar CPI do Coronavírus tem 10 assinaturas

 

"Cuiabá vai suportar todo o reflexo que vier da interiorização da doença, isso já está mais que comprovado. Então tomamos a vanguarda de chamar os demais municípios da Baixada Cuiabana para uma primeira conversa, e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde solicitou que a gente amplie essa conversa com todo o Estado", enfatizou Emanuel.

 

A Capital é referência no atendimento em saúde no estado e faz a gestão das vagas solicitadas pela Secretaria de Estado de Saúde do interior. Em Mato Grosso são 673 casos confirmados da covid-19 e 23 mortes, sendo duas na madrugada desta quinta-feira (14).


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br