Gazeta Digital

Alta Floresta realiza ação para identificar vulnerabilidades em população LGBT

Gabriel Aguiar/Sesp

Gabriel Aguiar/Sesp

A Secretaria de Assistência Social de Alta Floresta (803 km ao norte da Capital) realiza uma ação para identificar a auxiliar a população LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais). Até 22 de maio os Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) estarão atendendo essa população.

 

O objetivo é identificar o tamanho da população LGBTI no município e as necessidades dessas pessoas. É necessário levar documento de identificação com foto, CPF, comprovante de endereço, comprovante de renda e Número de Inscrição Social (NIS) - caso tenha.

 

Leia também - Prefeitura de MT aplica multa de R$ 500 para aglomerações

 

Depois do cadastro inicial, serão identificadas as pessoas que precisam de encaminhamento para benefícios sociais e auxílio emergencial.

 

Os CRAS em Alta Floresta estão localizados na avenida Bom Pastor, no bairro Cidade Alta, e no Centro, na rua F5.O atendimento é realizado das 7 às 13 horas. (Com informações da assessoria)


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br