Gazeta Digital

Supremo terá esquema especial para assistir vídeo de reunião ministerial

Carlos Moura/SCO/STF/R7

Carlos Moura/SCO/STF/R7

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello assistirá na próxima segunda (18) ao vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, mencionada pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro como prova de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentou interferir na Polícia Federal.

 

Por questões de segurança, o ministro utilizará um sistema que permitirá a ele, a partir de seu gabinete, assistir ao vídeo em sua residência, localizada em São Paulo.

 

Leia também - Ministro avisa Bolsonaro sobre ação relacionada a impeachment no STF

 

No gabinete, acompanharão simultaneamente a exibição do vídeo o chefe de gabinete e o juiz federal auxiliar Hugo Silvando Silva Gama Filho.

O registro audiovisual faz parte do inquérito aberto pelo STF, a pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República), para investigar as acusações de Moro. O presidente, por sua vez, nega ingerência na instituição.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br