Gazeta Digital

Polícia prende 4 assaltantes de banco, apreende armas e 67 dinamites

Polícia Militar

Polícia Militar

Ação da Força Tática e da Ronda Ostensiva Móvel Tática (Rotam) da Polícia Militar resultou na prisão de 3 homens e na apreensão de um menor de 17 anos, membros de uma quadrilha especializada em roubo e furto de caixas eletrônicos, por meio de explosões e arrombamentos. Ao todo, 67 dinamites foram apreendidas, além de munições, uma pistola e uma submetralhadora.

 

Conforme as informações repassadas à imprensa, uma denúncia anônima mobilizou a Força Tática e Rotam no final da noite de quarta-feira (20). Foi relatado que a quadrilha se preparava para cometer um crime, contra uma instituição bancária, na região metropolitana de Cuiabá.

 

Leia também - Empresário é morto a tiros dentro de bar em Lucas do Rio Verde

 

Ainda conforme a denúncia, os suspeitos estavam em um Veículo Onix branco, com vários armamentos e grande quantidade de explosivo. Durante monitoramento, o veículo foi flagrado com dois ocupantes, um jovem de 21 e o menor de 17 anos.

 

Durante a abordagem, foi constatado que o carro estava com queixa de roubo e furto. Aos policiais, disseram que o carro pertencia ao colega deles, morador do bairro Ouro Fino.

 

Momento que foi repassado as informações para outras viaturas em, Várzea Grande, que fizeram o cerco da área. Na casa, os policiais encontraram 3 pés de cabra e alavancas, geralmente usados para crimes em bancos.

 

Atrás de uma parede de alvenaria, duas sacolas foram encontradas com duas armas de fogo e duas bombas. Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionado, com a equipe especializada de explosivo, que realizaram a explosão controlada do material em local apropriado.

 

Ainda na casa, suspeito de 27 anos foi preso após confessar que era responsável por guardar os produtos em casa. Ele ainda apontou outra residência, onde os materiais também eram guardados.

 

Em diligências na região do Coxipó do Ouro, os policiais encontraram o último suspeito já em fuga. Ele foi preso imobilizado e preso. Na casa dele, os policiais encontraram mais explosivos e acessórios para detonação.

 

Todo o material foi apreendido e encaminhado para a Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada. Os 4 foram atuados pelos crimes de  receptação, posse, fabricação de artefato explosivo, corrupção de menores, adulteração de sinal, posse ou porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br