Gazeta Digital

Misael critica decisão de juiz sobre fechamento do comércio

Divulgação

Divulgação

O presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PTB) usou as redes sociais na noite de quarta-feira (24) para criticar a decisão do juiz José Luiz Lindote, da Vara Especializada em Saúde, sobre o fechamento das atividades não essenciais. Para o vereador, a medida irá prejudicar milhares de famílias que ficarão sem ter como sobreviver.

 

“Existem trabalhadores e empresários preocupados e apreensivos com o fechamento do comercio imposto pelo poder judiciário a pedido do Ministério Público”, diz Misael no vídeo. “É preciso ouvir o trabalhador mais simples, o trabalhador de rua. Proponho a união de todos, para encontrar saída para esse momento”, defende o vereador.

 

Leia também - Dilmar pede sua exclusão do DEM um dia antes de votar previdência

 

Para o presidente da Câmara, as medidas sanitárias são necessárias, porém, os trabalhadores não podem ter o direito de sustentar suas famílias retirado, ainda mais em um período de crise. “O trabalhador tem o direito de prestar o seu serviço, trabalhar pelo seu dinheiro, desde que o poder público colabore com a demanda necessária e colabore com a sua segurança”.

 

Ele informou que a Procuradoria da Câmara irá estudar as medidas jurídicas cabíveis para o caso. “Somos um só, temos que cuidar dos nossos irmãos. Não podermos esquecer que temos milhares de pais e irmãos que dependem do suor do seu trabalho para garantir o sustento da sua família”.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br