Gazeta Digital

Cuiabá passa a distribuir 100 mil kits covid a partir da próxima semana

Francisco Mendes

Francisco Mendes

Em sabatina com os vereadores de Cuiabá na quarta-feira (1º), o secretário municipal de saúde, Luiz Antonio Possas de Carvalho, disse que a Capital terá capacidade para distribuir 100 mil kits covid a partir da próxima semana. A combinação dos remédios está sendo apontada como solução para a contaminação pelo novo coronavírus. 

 

Entretanto, o secretário afirmou que a recomendação sobre o uso dos medicamentos caberá a cada médico. Segundo ele, os remédios estarão disponíveis nas unidades, tanto nas unidades de pronto atendimento (UPAs), quanto nos postos de saúde. O secretário destacou que não pode assinar um protocolo de uso dos medicamentos sob pena de responder por exercício ilegal da medicina.

 

Leia também - Balanço aponta que Cuiabá pode ter mais de 22 mil casos de coronavírus

 

Na sabatina, 4 vereadores disseram que são favoráveis a implementação do kit covid em Cuiabá. Um deles foi o vereador de oposição, Abílio Junior (PODE), que está com o tio e o avô internados em estado grave com a covid-19. "Se eles tivessem tomado os medicamentos no começo, talvez eles não estariam neste estágio".

 

O vereador Ricardo Saad (PSDB) é médico e disse que se pagar o novo coronavírus será o primeiro a fazer uso dos medicamentos. Já o vereador Renivaldo Nascimento (PSDB) pediu que os medicamentos sejam disponibilizados com urgência. O vereador Dilemário Alencar (Podemos) pediu a inclusão da cloroquina no kit. Porém, o medicamento não tem comprovação científica. Segundo ele, o tratamento precoce é fundamental. 

 

A implantação do kit covid em Cuiabá atende a um decreto do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), editado no dia 25 de junho.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br