Gazeta Digital

50% dos deputados de MT declaram voto ao novo Fundeb

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Da bancada de 8 deputados na Câmara Federal, 4 parlamentares de Mato Grosso declararam apoio ao texto de criação do novo Fundeb, O texto prevê uma complementação maior da União para bancar a educação básica no Brasil.

 

O texto foi amplamente discutido sem a participação do Ministério da Educação (MEC) e contou com reuniões até em Mato Grosso para discutir o texto. A matéria será votada nesta terça-feira (21) pela Câmara dos Deputados. 

 

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) torna o Fundeb permamente e 20% dos recursos passam a ser investidos pela União. Em Mato Grosso, os deputados Emanuelzinho (PTB), Rosa Neide (PT), Dr. Leonardo (Solidariedade) e Juarez Costa (MDB) já confirmaram que devem seguir o relatório apresentado pela deputada Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO). 

 

Leia também - DEM lidera ranking de partidos com mais filiados em Mato Grosso

 

Já os deputado Carlos Bezerra (MDB), Neri Geller (Progressistas), José Medeiros (Podemos) e Nelson Barbudo (PSL) ainda não se pronunciaram. Barbudo e Medeiros são aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que defende uma alternativa ao texto da deputada democrata. 

 

A bancada de MT participou ativamente das discussões. Rosa Neide foi vice-presidente da Comissão Especial que analisou o texto e o deputado Emanuelzinho conseguiu a aprovação de emenda que garante um mecanismo de transparência dos recursos.

 

Os articuladores do governo dizem que não há dinheiro para pagar os 20% do fundo e querem deixar a validade do novo Fundeb para 2022, já que não há previsão orçamentária em 2020. 

 

Os dados coletados até às 16h desta terça, em contato com os próprios parlamentares, assessoria e por meio das redes sociais.  

 

Novo relatório

Um novo relatório está sendo elaborado pela deputada Dorinha e prevê complementação pela União de 22%. Sendo 12% já no ano que vem e um crescimento de 2% a cada ano. O deputado Nelson Barbudo vai aguardar a apresentação do novo texto para se pronunciar.

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br