Gazeta Digital

Médica picada por cobra é transferida para São Paulo

Reprodução

Reprodução

A médica Dieynne Miranda Saugo foi transferida na noite de quinta-feira (3) para São Paulo. Ela seguiu de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea e passou por passa por nova cirurgia. Dieynne foi picada por uma cobra peçonhenta em cachoeira de Nobres, no domingo (30).


Leia também -Médica picada por cobra está em estado grave e família cria 'vakinha' para transferi-la para SP

 

Ainda na quinta-feira, a família começou uma vaquinha virtual para angariar fundos e pagar as despesas médicas e deslocamento. A meta é arrecadar R$ 300 mil e até o momento foram doados R$ 21.350,00.


Desde que foi internada em UTI, no domingo, a jovem passou por uma cirurgia e uma traqueostomia para ajudar na respiração. Na quinta-feira a família fez campanha de doação de sangue para transfusão para a mulher.


No entanto, o quadro de saúde da médica só piorou e ela precisou ser removida para São Paulo, pois em Cuiabá não havia profissional disponível para atender ao caso dela.

 

Reprodução

uti aerea medica cobra Dieynne Miranda Saugo

 

A vítima estava em uma cachoeira com amigos quando o animal caiu de um galho ou do paredão sobre ela. A cobra a picou no braço e no pescoço, além de um arranhão no rosto. Ela foi levada para a pousada em que estava hospedada, mas não havia soro antiofídico. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) a trouxe para Cuiabá, onde seguiu direto para a UTI de um hospital particular.


A família tem compartilhado atualização do estado de saúde da médica nas redes sociais, onde tem milhares de seguidores.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br