Gazeta Digital

PF deflagra operação contra tráfico e prende duas pessoas em Cuiabá

Reprodução

Reprodução

Atualizada às 7h42 - Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (6) uma operação para desarticular uma quadrilha envolvida com o tráfico internacional de drogas. As investigações começaram em Campinas (SP). Dois mandados de prisão são cumpridos em dois bairros de Cuiabá.


De acordo com as informações preliminares, os agentes estão no condomínio Chapada Diamantina, no bairro Dom Aquino e no Villaggio de Bonifácia, na avenida Miguel Sutil, em frente ao Parque Mãe Bonifácia. Não há, até o momento, informações sobre a identidade dos presos. 

 

Deflagrada em Campinas, a PF esteve no Aeroporto de Viracopos, usado no esquema do tráfico. Duas pessoas morreram em um conflito, mas não foi informado onde e quem são.

 

São 79 mandados, sendo 44 de busca e apreensão e 35 de prisão temporária. Além de São Paulo e Mato Grosso, os agentes estão no Amazonas e no Rio Grande do Norte.

 

A operação é fruto da apreensão de 58 kg de cocaína na área restrita de segurança do terminal em fevereiro de 2019. A quadrilha está envolvida com o tráfico de cocaína exportada para a Europa.

 

Esquema

Conforme a PM, a quadrilha e composta por brasileiros, que são fornecedores da cocaína e financiadores do esquema. Também foram identificados os responsáveis pelo aliciamento de funcionários do aeroporto, que são empregados e ex-empregados de empresas que prestam serviços na área restrita de segurança do Viracopos.

 

Entre os funcionários, estão vigilantes, operadores de tratores, coordenadores de tráfego, motoristas de viatuas, auxiliares de rampa, operadores de equipamentos e funcinários de empresas de refeição, além de tripulantes e passageiros. Um policial Civil e outro Militar estão entre os membros da quadrilha. 

 

Foi determinado ainda o bloqueio de bens e apreenção de imóveis, carros, contas bancárias e empresas. Desde que as investigações começaram, já foram apreendiso 250 kg de cocaína pertencentes ao grupo.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br