Gazeta Digital

Após ser campeão da Champions, defensor do Bayern pode ficar 5 anos em prisão

Reprodução/Twitter

Reprodução/Twitter

Jerome Boateng, zagueiro do Bayern de Munique, foi intimado a comparecer a um tribunal na Alemanha em 10 de dezembro, quando terá de prestar esclarecimentos de uma suposta agressão feita a sua mulher Sherin Senler, durante uma viagem de férias do casal em 2018.

 

As autoridades já teriam um vídeo de uma câmera de segurança que mostra a agressão do atleta, ao jogar um castiçal de vidro na mulher durante uma discussão.

 

Leia também - Ginasta medalhista no Pan do Rio 2007 é encontrada morta com apenas 31 anos

 

Boateng, que também é jogador da seleção alemã, pode ser condenado a cinco anos de prisão, caso seja considerado culpado. Para alguns meios de comunicação da Alemanha, o esperado é que o atleta tenha de pagar uma multa.

 

A primeira queixa de agressão foi feita em fevereiro de 2019 e as investigações foram interrompidas por causa da pandemia do novo coronavírus. Jerome Boateng e Sherin Senler têm duas filhas, as gêmeas Lamia Boateng e Soley Boateng, de nove anos de idade.

 

Revelado pelo Hertha Berlin, Boateng, de 32 anos, está no Bayern desde 2011, time no qual disputou 326 jogos, foi campeão da Champions duas vezes ( 2012–13, 2019–20), além de dezenas de outros títulos.

 

O zagueiro também defende a seleção alemã desde 2004. Pela equipe, conquistou a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil.


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: https://www.gazetadigital.com.br