Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 11/08/2020

Celebridades - A | + A

dc comics 12.12.2019 | 17h12

'Aves de Rapina': quem são as novas colegas de Arlequina no cinema

Facebook Print google plus

Divulgação/R7

Divulgação/R7

Em 2020, Hollywood apostará nas heroínas. Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa é só o primeiro de uma sequência de filmes que terão uma perspectiva feminina – e feminista.

 

Leia também - Filho de Malu Mader e Tony Belotto chama atenção nas redes sociais

 

Margot Robbie, Mary Elizabeth Winstead, Jurnee Smollett-Bell, Rosie Perez, Ella Jay Basco, além da diretora Cathy Yan e dois produtores, falaram sobre o protagonismo feminino nesse novo filme da DC.

 

Nas histórias em quadrinhos, esse grupo foi criado em 1995 e, originalmente, mostrava a parceria entre a Canário Negro com Barbara Gordon, que assumia o papel de tutora e aparência mais velha, além de estar em uma cadeira de rodas por conta de um ataque do Coringa. Ao longo dos anos, o grupo ganhou novos integrantes e contou com um elenco rotativo, sendo que na atual fase Renascimento, uma versão mais jovem de Gordon volta a assumir a identidade de Batgirl nas aventuras publicadas na HQ Batgirl e as Aves de Rapina. Agora, uma versão do grupo formado apenas por mulheres fará a estreia no cinema ao lado da Arlequina.

 

Jurnee Smollett-Bell, a Canário Negro, disse que jogava com a personagem em Injustice: Deuses entre nós nos videogames e que não acreditou quando foi chamada para o teste. "Achei que não ia passar, mas claro que quis fazer!", confessou.

 

Vale ressaltar que teremos uma visão de Gotham de acordo com a protagonista, então sairemos dos cenários sombrios: será um mundo mais colorido e até psicodélico. "Essa não é a Gotham do Batman", confirmou Margot Robbie, que volta ao papel da Arlequina, desta vez mais sentimental, ainda que a loucura típica da personagem continue presente.

 

Como era de se esperar, o filme está recheado de violência. Nas cenas de luta, a diretora Cathy Yan disse que tentou manter o máximo de realismo possível, já que a Canário Negro é a única personagem com superpoderes. Ou seja, sem força sobre-humana. Ela ainda fez questão de destacar que o elenco feminino foi muito forte e se dedicou inteiramente:

 

— Essas mulheres treinaram por meses, elas fizeram quase todas as cenas de ação sem precisar de dublê. Elas treinaram muito, fizemos takes muito longos. É quase uma tortura para elas, que tinham que aprender a coreografia quase inteira de uma cena de um minuto e meio, dois minutos

 

Yan ainda resumiu o longa como "visceral e badass, Rated R (classificação "restrita") intencional".

 

O elenco também falou sobre as sequências de ação que forçaram as atrizes a um treinamento físico intenso. Rosie Perez, por exemplo, no primeiro dia de preparação, estourou o joelho e, mesmo assim, continuou treinando porque não queria decepcionar as colegas.

 

Já para Mary Elizabeth Winstead, a Caçadora, as cenas de luta são mais do que perfumaria, aquilo é parte da história emocional de uma personagem que perdeu a família.

 

Jurnee Smollett-Bell disse que uma irmandade floresceu organicamente entre as protagonistas e que, ao ver Rosie praticando um gancho, aquilo motivava ela a ir além, ir até o limite.

 

Perez, a intérprete de Renee Montoya, é a mais experiente do elenco e mesmo assim quis melhorar suas capacidade física para se encaixar na equipe:

 

— Estou em melhor forma do que estava há 15 anos, seu corpo pode rejuvenescer, então vai lá e faça. Espero que isso traga inspiração para mulheres mais velhas como eu.

 

O filme não se baseia em nenhuma história em quadrinhos já publicada. Assim, a diretora teve mais liberdade para criar e não se apegou a produções anteriores. Mesmo assim, podemos esperar algumas referências às HQs. No longa, Arlequina adota uma hiena. Nos quadrinhos da DC, ela tem duas hienas de estimação, chamadas Bud e Lou — em homenagem à dupla de comediantes dos anos 40, Bud Abbott e Lou Costello.

 

Margot Robbie disse que nunca pensou que a Arlequina ia ser um modelo de comportamento, já que a personagem é uma psicopata.

 

— Mas ela é autêntica. E talvez justamente pelas imperfeições é que ela tenha se destacado. As falhas que fazem dela tão especial. Eu me apaixonei por ela completamente quando comecei a trabalhar em Esquadrão Suicida. Li os quadrinhos. Eu não estava preparada para parar de interpretá-la.

 

Jurnee Smollett-Bell, a Canário Negro, completou dizendo que "está cansada de ver a mulher perfeita na tela".

 

Outro ponto interessante é a dubiedade. Elas não são um grupo clássico de heroínas, mas também não se encaixam na definição tradicional de vilão. Robbie classifica as personagens como anti-heroínas — com grande ênfase no anti. Algo distante da maneira como Mulher-Maravilha e Capitã Marvel costumam ser retratadas.

 

Ewan McGregor e Chris Messina não estavam presentes, mas a diretora e as atrizes fizeram questão de destacar a generosidade deles em cena. Ewan McGregor interpreta Máscara Negra, outro personagem dos quadrinhos. Depois do Coringa ter deixado a cidade, o vilão aproveita a oportunidade para tentar se tornar o chefe do crime.

 

Tanto os produtores quanto a própria diretora deixaram claro que o longa vai agradar tanto às mulheres quanto os homens e que os personagens masculinos também receberam um tratamento mais verdadeiro.

 

O filme se mostra atento aos debates sobre representação. Em vez de apresentar um grupo de personagens jovens, brancas e magras, Aves de Rapina tem um elenco diverso. Canário Negro é interpretada por uma atriz negra e Renee Montoya é um pouco mais velha do que as heroínas tradicionais, interpretada por Perez do alto de seus 55 anos. A atriz Ella Jay Basco, que dá vida a Cassandra Cain, tem descendência filipina e coreana.

 

E isso é um elemento muito importante para o desenvolvimento da história: as protagonistas são mulheres mais reais, mostrando as diversas camadas, com forças e defeitos. Rosie Perez contou um pouco sobre o desenvolvimento da personagem que interpreta: "ela está em um ambiente em que é uma das melhores detetives, mesmo assim está constantemente em uma posição inferior. Mas ela não desiste".

 

Há tanto tempo nesse meio, ela também falou da importância de ter um elenco tão diversificado.

 

— Neste filme, nós somos mulheres complexas e não somos objetificadas, e isso é mostrado de modo divertido e com muita ação. E o fato de sermos fortes e quebrarmos tudo, é apenas a cereja do bolo.

 

Aves de Rapina: Alequina e sua Emancipação Fantabulosa estreia dia 06 de fevereiro nos cinemas de todo o Brasil.

 

Conheça o elenco

Divulgação/R7

Aves de rapina, elenco

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 11/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,05 1,33%

Algodão R$ 91,22 -0,77%

Boi a Vista R$ 134,50 0,37%

Soja Disponível R$ 66,10 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.