Publicidade

Cuiabá, Domingo 22/09/2019

Celebridades - A | + A

'vai se tratar' 20.08.2019 | 16h58

Ex-marido chama Priscila Pires de psicopata

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Bruno Andrade, ex-marido de Priscila Pires, se revoltou ao descobrir que a sister pretende inserir o nome do atual parceiro, João Reis, nos documentos dos filhos Gabriel e Pietro.

 

Leia também - Promotor afirma que PL inibe e dificulta trabalho do Ministério Público

 

No Instagram, ele comentou que está indignado e acusou a modelo de ser psicopata em prints revelados de conversas de Whats App. "Me desconfigura como pai nas redes sociais dela, em tudo quanto é lugar, para os meus filhos forçando eles a chamar o outro de pai", iniciou.

 

"Tem três anos que não falo sobre esse assunto porque bloqueei tudo de rede social e imprensa sobre a minha ex-mulher. Só que existe uma coisa que acaba ficando insustentável e hoje vim aqui desabafar e mostrar apoio a todos aqueles pais que não tem contato com os filhos, a mãe acaba tentando forçar às crianças que o pai biológico não é o pai. Que o pai é o padrasto, o namorado, o marido", criticou.

 

Bruno ainda revelou que chega a ficar períodos de até quatro meses sem conversar com os dois. "No meu aniversário não consegui contato, Semana Santa eu tentei abençoar ela não me deixou, Páscoa tentei abençoar. E o que eu observo hoje é que diariamente ela enaltece o marido dela, que ela tá casada a menos de um ano. Eu fiquei 3, 4 meses sem falar com os meus filhos antes dessas féria smaravilhosas que tive com eles, meus filhos me amam", comentou.

 

O ex de Priscila comentou ainda que ela mente sobre o pagamento de pensão. "Mas um problema que agora já se torna uma loucura, uma psicopatia com os crianças: ela, além de me desconfigurar como pai nas redes sociais dela, em tudo quanto é lugar, para os meus filhos forçando eles a chamar o outro de pai, me afastando, ela agora surtou com a ideia de que vai colocar o nome do padrasto na certidão dos meus filhos como pai e os meus filhos terão o sobrenome dele. É isso mesmo, está me tirando como pai, não sei como, para colocar o padrasto como pai. Se isso é certo? Pra mim isso já chega aos níveis de loucura. Porque ela alega: não pago pensão. Tô em dia! Se não estou manda me prender. Porque hoje se um pai não paga pensão ele é preso. A mãe tem total poder absoluto em cima de um filho? Ela é dona? Acho que não", questionou.

 

Bruno foi além e disse também que a própria Priscila renega o pai e preferiu colocar ela mesmo o nome do padrasto no campo de filiação dos documentos. "Agora me bloquear de falar com meus filhos, forçar meus filhos a chamar ele de pai, entrar na justiça para colocar o nome dele na certidão de nascimento e o sobrenome deles nos meus filhos. O nome do seu padrasto já está no nome dos meus filhos porque o seu pai você renega, você não teve essa imagem para você, mas não faz isso com teus filhos não. Se teu pai não foi bom pra você, talvez pela ocupação profissional dele, mas não faz isso. Só isso que eu quero te pedir, Priscila: poupe meus filhos", concluiu.

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Para você, o que é uma família?

Parcial

Edição digital

Domingo, 22/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,60 1,23%

Algodão R$ 92,69 -0,76%

Boi a Vista R$ 133,36 0,32%

Soja Disponível R$ 59,00 -0,84%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.