Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 20/10/2020

Celebridades - A | + A

enfrenta processo 18.09.2020 | 11h17

Luísa Sonza é acusada de racismo por advogada

Facebook Print google plus

Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram

Luísa Sonza está sendo processada por supostamente ter cometido um ato racista contra uma advogada, durante um festival gastronômico em Fernando de Noronha.

 

O caso teria acontecido em setembro de 2017, na Pousa Zé Maria, que também é citada no processo criado em 2019.

 

Leia também - Marília Mendonça anuncia live com inéditas e hits do primeiro DVD

 

Segundo o documento, a autora, identificada como Isabel Macedo de Jesus, afirma que foi confundida com uma funcionária do local enquanto assistia a um espetáculo — que seria, justamente, um show de Luísa.

 

Isabel, que desativou todos os perfis nas redes sociais após a divulgação do caso, pede tanto à artista quanto à pousada indenização por danos morais, além de retratação pública. Luísa, no entanto, nega as acusações.

 

Em publicação no Twitter, a cantora disse que "jamais teria esse tipo de atitude" e afirmou que a equipe dela está "tomando providências jurídicas quanto ao caso".

 

"Gente, tudo isso é MENTIRA! Não acreditem nisso! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole. Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele. Jamais! Essa acusação é absurda", escreveu.

 

A reportagem do R7 procurou a assessoria de Luísa, que enviou uma nota citando um suposto "oportunismo" da autora do processo.

 

"A assessoria jurídica da artista Luísa Sonza, através do seu advogado José Estavam Macedo Lima, vem a público informar que tomou conhecimento do referido processo pela mídia. Que a cantora até a presente data não foi citada de nenhuma ação que venha a lhe imputar o fato que está sendo noticiado. Que as acusações são falsas, inverídicas e vêm em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista.

 

Informa, ainda, que nunca ofendeu ou discriminou qualquer pessoa.

 

Causa estranheza as acusações de racismo, pois até a presente data a artista não recebeu qualquer notificação das autoridades policiais sobre a suposta investigação. Todas as medidas administrativas e judiciais serão adotados para proteger a honra e a intimidade da artista".

 

A Pousada Zé Maria também foi procurada, porém, até a publicação desta reportagem, não houve retorno.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 20/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,60 1,64%

Algodão R$ 90,83 -0,78%

Boi a Vista R$ 133,00 -3,62%

Soja Disponível R$ 70,00 0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.