Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 11/12/2019

Celebridades - A | + A

Guerra 05.08.2019 | 15h04

Novo horário do futebol na Globo mexe no bolso de Faustão

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Se depender do humor de Fausto Silva, o novo horário do futebol aos domingos na Globo não irá passar da fase de testes.

Após duas semanas de férias, Faustão voltou ao ar neste domingo (4) ao vivo, distribuindo broncas e com cara de poucos amigos. Reclamou da produção, do som do programa, foi 'atropelado' por um longo intervalo comercial, e fez questão de mostrar que estava descontente no ar.

 

Leia também - Maju Coutinho pode assumir vaga de Dony De Nuccio na Globo

 

Coincidentemente ou não, o 'Domingão' de ontem teve o horário alterado para a Globo abrigar na grade, em caráter de teste, uma nova faixa horária para o futebol aos domingos: 19h.

 

A emissora exibiu na ocasião o clássico Corinthians x Palmeiras e foi bem audiência. O frio e a rivalidade dos times paulistas ajudaram a rede a marcar audiência na casa dos 35 pontos na faixa. Cada ponto equivale a 73 mil domicílios na Grande SP.

O número é 52% maior do que a Globo costuma marcar com jogos de futebol do Brasileirão 2019 na faixa das 16h: 23 pontos de Ibope.

 

Considerando a média do horário onde é exibido o 'Domingão do Faustão', houve um acréscimo ainda maior. O programa de auditório costuma fechar nos bons dias na casa dos 20 pontos de Ibope. O crescimento é de 75% em relação a média de 2019 do horário.

 

Se a plateia do sofá curtiu a troca, o mesmo não se aplica ao apresentador.  Faustão teve o seu tempo de exibição encurtado e entrou no ar bem mais cedo, na faixa das 16h.  A audiência do programa foi boa para o horário, ficou na faixa dos 17 pontos, mas ainda abaixo da média que costuma registrar mais tarde.

 

A mudança, se emplacar, deve mexer no bolso do apresentador.

 

A Globo tem a intenção de colocar futebol na faixa das 19h também por uma questão financeira. Ter jogos no horário nobre da TV força um acréscimo nas cotas de publicidade para quem patrocina as transmissões do esporte. 

 

E se o futebol ganha, o 'Domingão', pode perder.  Sem a faixa das 19h às 21h, o programa de Fausto corre o risco de ver cair a receita e alguns de seus patrocínios milionários, que rendem mais de R$ 5 milhões mensais só para o apresentador.

 

Bancos, montadoras e outras empresas patrocinam quadros como 'Dança dos Famosos' e 'Videocassetadas' de olho audiência do horário nobre, e Faustão recebe uma gorda porcentagem de todas essas ações de merchandising que entram na atração. 

Não dá para manter a mesma receita e os mesmos preços se o programa diminuir de tamanho e migrar para a faixa da tarde, onde a audiência é menor.

 

Por essas e outras, se a Globo quiser emplacar o futebol às 19h vai ter de driblar um adversário experiente e difícil: Faustão.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Sobre o aumento no número de casamentos gays no Brasil no último ano

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 11/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,25 1,97%

Algodão R$ 92,10 -0,21%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,15 0,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.