Publicidade

Cuiabá, Domingo 20/09/2020

Gastronomia - A | + A

14.05.2020 | 08h55

Chef se reinventa

Facebook Print google plus

Rita Comini

Divulgação

Divulgação

Especializado em produzir gostosuras para festas e eventos, sobretudo os chamados finger foods, o chef de cozinha Wal Untar, também teve que se adaptar aos novos tempos, uma vez que o isolamento social para conter a contaminação do novo coronavírus provocou o cancelamento de todos os eventos.

 

Mesmo admitindo que resistiu bastante porque acreditava que seria um problema passageiro, que iria acabar rápido, acabou tendo que se reinventar como tantos profissionais do ramo da gastronomia e de outras áreas.

 

“100% dos eventos foram cancelados, no mês passado, quando tudo começou, eu tinha 18 eventos agendados e todos foram cancelados”, conta, acrescentando que alguns eventos dos meses de junho e julho, conseguiu remanejar e colocar para depois de agosto, outubro, mas também não sabe se vão acontecer. “Alguns acho que não, porque são aniversários e, depois que passa a data, o dia de comemorar, perde um pouco a graça e acho que vou acabar não fazendo mais esses eventos”, constata um tanto quanto decepcionado.

 

No entanto, os clientes e amigos começaram a dizer que estavam com saudades da comida do chef e ele acabou enveredando por um outro caminho, pelo menos nesse momento. Agora, as delícias preparadas por Wal Untar chegam até a casa dos clientes e de muita gente que está conhecendo agora sua cozinha.

 

Nas sacolas em que os pratos são transportados, um texto recheado de carinho e boas energias, bem a cara do chef que, mesmo nesse momento difícil, não perde o bom humor e o alto astral.

 

Os menus são pensados e preparados para os finais de semana. A cada sábado e domingo, um menu diferente que é pensado levando em consideração vários aspectos, inclusive a previsão do tempo e a vontade dos clientes. “Na terceira semana, a gente fez uma enquete e perguntou o que as pessoas queriam comer, comida nordestina e mineira. A nordestina ganhou e fizemos um cardápio com baião de dois, farofa de alho no dendê, carne seca na manteiga de garrafa, vinagrete, queijo coalho, foi incrível”, conta animado.

 

A cada fim de semana é criado e preparado menu diferente. Tudo começou na Páscoa com um menu com bacalhau, dois tipos, um com natas e outro com legumes. Na semana seguinte, foi a hora e a vez da Feijuca do Wal, sucesso tal que teve “bis” a pedidos. No próximo final de semana (16 e 17), tem feijoada de novo, afinal a meteorologia indica queda na temperatura, condição ideal para degustar esse prato bem brasileiro e de muita “sustança”.

 

Wal conta que no final de semana do Dia das Mães, o menu foi especial para a data. Teve filé à Hollywood (recheado com presunto e queijo, empanado no molho bechamel e queijo gratinado), arroz à grega, purê de batata, banana caramelizada, assada com toque de especiarias.

 

O chef adianta que em breve vai fazer comida cuiabana. Além disso, prepara massas congeladas - lasanhas de diversos tipo, presunto e queijo, quatro queijo, vegetariana (queijo com escarola), bolonhesa, de frango, rondele de presunto e queijo, nhoque recheado de 3 queijos. Segundo ele, a ideia surgiu a partir do pedido de algumas mães que queriam ter algo pronto em casa.

 

Tem também algumas sobremesas. “Estamos fazendo os bolos todos de pote. A gente já tinha um clássico, que era o brownie de pote feito só para eventos como casamento, aniversário, para dar de lembrancinha. Agora relançamos ele e criamos mais dois outros, o de 3 leites com beijinho e coco fresco, e um bolo de cenoura com ganache de chocolate”.

 

Ele finaliza dizendo que “esta é uma forma de estar no mercado e de as pessoas continuarem comendo da nossa comida, deliciando com o nosso tempero, uma forma de não parar”.

 

Leia mais notícias sobre Variadades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Domingo, 20/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,30 -0,54%

Algodão R$ 89,56 -0,34%

Boi a Vista R$ 133,00 -3,62%

Soja Disponível R$ 65,40 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.