Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 29/09/2020

Gastronomia - A | + A

13.08.2020 | 10h23

Fácil, versátil e nutritiva

Facebook Print google plus

Rita Comini

Fotos Assessoria

Fotos Assessoria

Em tempos de pandemia, preparar uma refeição prática, gostosa e nutritiva é tudo de bom, especialmente quando se quer passar horas cozinhando.

 

Uma receita que se ajusta a todos esses pre-requisitos é a omelete. Ela é sinônimo de prato fácil de fazer e versátil. Salva muita gente na hora da fome e pode ser preparada de muitas maneiras, podendo ser enriquecida com os mais diversos recheios, queijos, legumes, verduras e até frutas.

 

Sua origem é controversa. Acredita-se que tenha sido inventada onde fica atualmente o Irã e que se chamava kookoo, mas foi na França - sempre os franceses - que ela ganhou o nome de omelette, uma variação da palavra lamelle, que quer dizer “pequena lâmina” e passou a ser preparada com requintes de sofisticação e detalhes que fazem dela um prato que vai muito além de saciar a fome. Os franceses são conhecidos como os especialistas em omelete, principalmente da baveuse, que é mais alta e cremosa por dentro.

 

Considerada uma das receitas mais adaptáveis que existe, a omelte pode ser servida do café da manhã ou jantar, passando pelo almoço e até mesmo para aqueles momentos em que bate uma fome fora de hora.

 

Ela pode ser leve e frugal ou mais incrementada, como a omelete do imperador, criada pela chef Mirian Rocha, para o café da manhã e que leva maçã, especiarias e calda de chocolate.

 

Confira algumas receitas.

 

Muçarela de búfala com tomate seco

 

Ingredientes:

 

4 ovos

1 colher (sopa) de leite

1 cebola roxa pequena picada

1 1/2 unidade (média) de mussarela de búfala picada em cubinhos

10 unidades de tomates secos, escorridos e picados em cubinhos

2 colheres (sopa) de margarina com sal

Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de preparo:

 

Em um recipiente fundo, misture bem os ovos com o leite. Tempere com sal e pimenta-do-reino e reserve.

Em uma frigideira média, com revestimento anti-aderente, leve 1/2 colher (sopa) de margarina para aquecer. Junte as cebolas, deixe-as suar e adicione-a à mistura de ovos.

Na mesma frigideira, adicionada de metade da margarina restante, despeje metade da quantidade total de ovos e com a ajuda de uma colher vá empurrando as laterais para o centro, a fim de que mistura líquida vá sempre para as bordas.

Cozinhe em fogo médio até que esteja firme mas não muito cozida. Coloque em uma metade o queijo e o tomate, cubra com a parte sem recheio e deixe a mussarela derreter. Repita a operação e sirva-as imediatamente

 

Do Imperador

 

Ingredientes:

 

Massa

2 claras com

1 pitada de sal

2 gemas 15 g de açúcar

125 g farinha de trigo

150 ml leite 1/2 colher (café) de baunilha

Uva passas pretas marinadas por 24 horas no vinho tinto seco

Manteiga sem sal

 

Compota:

1 maçã cortada em cubos com casca

3 colheres (sopa) açúcar

50 ml água

2 paus de canela

2 cravos

Calda de chocolate

100 g chocolate meio amargo picado

100 ml creme de leite (caixinha)

 

Modo de preparo:

Coloque em uma batedeira as claras com 1 pitada de sal e bata até ficar em ponto de neve, depois reserve.

Em outra tigela de batedeira, coloque as gemas e o açúcar e bata até ficar cremoso.

Desligue a batedeira e incorpore a farinha, leite e misture com o batedor de arame até a mistura ficar homogênea.

Junte a baunilha, as claras em neve e as uvas passas escorridas.

Em uma frigideira untada com manteiga e fogo médio coloque a massa e deixe cozinhando até formar uma casca, apague o fogo e com o auxílio de 2 colheres vá quebrando a massa cozida até ficar em pedaços pequenos.

 

Compota:

Coloque a maçã cortada em cubos em uma panela e leve ao fogo médio.

Adicione o açúcar, 50 ml de água, 2 paus de canela, 2 cravos, misture e deixe cozinhar por 10 a 15 minutos.

Reserve.

 

Calda de chocolate:

Leve ao fogo o creme de leite e deixe ferver.

Desligue o fogo e adicione o chocolate meio amargo picado.

Misture até derreter o chocolate.

Montagem: Misture a massa e a compota de maçã e finalize com a calda de chocolate.

 

Cogumelos

 

Modo de preparo:

Com um pano úmido, limpe os cogumelos delicadamente.

Corte cada cogumelo em 3 fatias (se estiverem muito pequenos corte apenas ao meio).

Descasque e pique fino o dente de alho.

Leve uma frigideira antiaderente pequena ao fogo médio para aquecer (nós usamos uma de 20 cm de diâmetro).

Regue com um fio de azeite, junte os cogumelos e refogue até começar a dourar por 5 minutos.

Adicione mais um fio de azeite, junte o alho, tempere com sal e pimenta a gosto e misture por 1 minuto para perfumar. Transfira para um prato e reserve.

Nem precisa lavar a frigideira, passe apenas um papel toalha no fundo, ela será utilizada para fazer a omelete. Numa tigela pequena, quebre um ovo de cada vez e transfira para outra tigela.

Tempere com sal e pimenta a gosto e bata com um garfo apenas para misturar as claras com as gemas.

Volte a frigideira ao fogo baixo. Quando aquecer, adicione 1 colher (chá) de manteiga e deixe derreter, fazendo um movimento circular com a frigideira para untar todo o fundo.

Coloque os ovos batidos.

À medida que as beiradas começarem a cozinhar, com uma espátula de silicone, empurre-as para o centro da frigideira; não se assuste, a mistura vai ficar toda enrugada mesmo.

Com esse processo, a parte que ainda está líquida escorre para a borda e cozinha rapidamente.

O resultado é uma omelete úmida no centro e dourada na superfície.

Repita até que não escorra mais, por cerca de 1 minuto.

Quando a omelete já estiver cozida (as beiradas desgrudam das laterais, mas o centro ainda está úmido), disponha metade dos cogumelos refogados numa das laterais, polvilhe com queijo ralado e dobre a omelete ao meio.

Adicione 1/2 colher (chá) de manteiga à frigideira, levante levemente a omelete com a espátula, deixando a manteiga escorrer para baixo assim a crosta fica bem douradinha.

Deixe dourar por 1 minuto e vire a omelete sobre um prato.

 

Ingredientes:

3 ovos 1 xícara (chá) de cogumelos-de-paris frescos (100 g)

1 dente de alho pequeno

1/4 xícara (chá) de queijo parmesão ralado

2 colheres (chá) de manteiga azeite a gosto sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto salsinha picada a gosto

 

Dicas para não errar

1) É muito importante usar uma frigideira totalmente antiaderente: isso vai ser fundamental para sua omelete saia perfeita. 2) Utilize uma espátula para mexer na omelete e tenha cuidado para não despedaçá-la.

3) Na hora do preparo, preaqueça a frigideira em fogo médio para baixo. Coloque a manteiga e deixe derreter, mexendo para que não queime.

4) Para que sua receita fique perfeita, coloque uma colher (sopa) de leite ou água para cada ovo que utilizar.

5) Misture com cuidado os ovos e o líquido. Se você bater demais, o ar vai acabar sendo incorporado à mistura e a omelete vai ficar dura.

6) Puxe a mistura para o meio da frigideira assim que ela começar a cozinhar nas margens: assim, sua omelete vai ficar bem fofinha.

 

Leia mais notícias sobre Variadades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Na sua opinião, por que tantos candidatos milionários querem entrar na política?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 29/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,65 1,94%

Algodão R$ 91,36 0,56%

Boi a Vista R$ 136,85 -0,11%

Soja Disponível R$ 68,00 -0,73%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.