Publicidade

Cuiabá, Domingo 25/10/2020

Gastronomia - A | + A

03.09.2020 | 08h13

Hora de comer mais pescados

Facebook Print google plus

Rita Comini

João Vieira

João Vieira

Se o consumo de pescados sempre foi tido como saudável, agora ele é ainda mais indicado, uma vez que colabora para a melhoria da nossa condição física de uma maneira geral e em aspectos específicos diretamente relacionados com a covid-19. Além disso, estamos em plena Semana do Peixe, que na verdade prossegue até 15 de setembro.

 

A iniciativa, cujo propósito é estimular o consumo de peixes e pescados, de água doce e salgada, em Mato Grosso conta com apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que desenvolve um projeto de estímulo ao desenvolvimento da cadeia da piscicultura desde 2005.

 

Carlos Eduardo/Assesoria

Peixe

 

 

O estado possui uma ampla lâmina d’água e condições bastante propícias à criação comercial de peixes. Além disso, há uma forte cultura do consumo de peixes, especialmente na Baixada Cuiabana e outras regiões fartas em rios piscosos. Apesar do Brasil ter um grande diversidade de pescados e uma produção de 758.006 toneladas, nosso consumo per capta de 9,5 kg/hab/ano está aquém do preconizado pela FAO (Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) que recomenda pelo menos 12 kg/hab/ano.

 

Dentro do espírito da Semana do Peixe, o empresário Yasser Caldeira, da Dona Fresca Peixaria, organizou uma promoção com grande diversidade de peixes locais e de água salgado, bem como frutos do mar, bastante apreciados por muitas pessoas. Segundo ele, estão com preços mais baixos alguns produtos mais procurados como a tambatinga, filé e posta de tilápia, salmão inteiro, camarão inteiro e eviscerado, entre outros.

 

Durante o período serão feitas lives com chefs de cozinha preparando receitas com os pescados.

 

O Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, recomenda o consumo de peixe utilizando diversas formas de preparo assado, grelhado, ensopado ou cozido. Os pescados também servem como ingredientes de várias receitas como pirão, saladas, suflês, recheio de tortas, bolinhos, patês e muito mais.

 

Graças à sua enorme concentração de nutrientes, vitaminas e proteínas, o peixe é considerado um dos alimentos mais saudáveis que se pode encontrar na natureza. Ele é também uma das melhores fontes de ácidos graxos ômega-3, importantes para o funcionamento do corpo e do cérebro. Nutricionistas recomendam consumir peixes pelo menos três vezes por semana, para cuidar da nossa saúde.

 

Em geral, todos os peixes são benéficos para a saúde, pois contém os nutrientes importantes para o nosso corpo, incluindo proteínas complexas, iodo, e várias vitaminas e minerais. No entanto, os peixes gordos estão entre os mais recomendados devido ao seu alto teor de nutrientes lipídicos, tais como a vitamina D. Além disso, esses tipos de peixe são uma excelente fonte de ômega-3, um ácido graxo essencial para o funcionamento do corpo e do cérebro, e a prevenção de várias doenças.

 

Falando mais especificamente dos benefícios à saúde, o consumo regular de peixes reduz o risco de doenças cardíacas e acidente vascular cerebral (AVC), de doenças auto-imunes, incluindo a diabetes do tipo I, bem como de ajuda a prevenir e combater a depressão, um mal que se acentuou durante a pandemia e a melhorar a qualidade do sono, problema causado, em muitos casos, por uma deficiência de vitamina D.

 

Não bastassem todos esses benefícios, os pescados são deliciosos e de fácil preparo.

 

Versátil, pode ser preparado de diferentes formas, usando métodos variados. Podendo ser combindo com uma variedade de ingredientes que ajudam a realçar e complementar seus sabores.

 

Leia mais notícias sobre Variadades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Domingo, 25/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.