Publicidade

Cuiabá, Domingo 25/10/2020

Gastronomia - A | + A

27.08.2020 | 08h13

Linhaça é versátil e rica em nutrientes

Facebook Print google plus

Rita Comini

Fotos: Assessoria

Fotos: Assessoria

Como consumir

 

Os benefícios da linhaça são melhor aproveitados quando a semente é triturada. “Já que a sua casca é feita de celulose e não é digerida pelo intestino, o ideal é triturá-la e consumi-la o quanto antes, para evitar que a semente oxide e perca suas propriedades nutritivas. Uma alternativa é comprar a farinha já estabilizada. Com os avanços tecnológicos, a Jasmine Alimentos desenvolveu farinhas de linhaça dourada e marrom estabilizada, processo que faz com que os ácidos graxos sejam preservados, assegurando a presença de todos os nutrientes da linhaça, sem o uso de aditivos artificiais”, explica a engenheira de alimentos.

 

Outra opção de consumo da linhaça pode ser por meio da sementre hidratada, misturada em sucos, vitaminas, iogurtes, ou saladas de frutas. Contudo, é preciso ficar atento à quantidade. “Os alimentos, por mais benéficos que sejam para o organismo, também podem trazer malefícios se consumidos em excesso. No caso da linhaça, a ingestão excessiva pode prejudicar a absorção de nutrientes e ocasionar constipação intestinal. A recomendação saudável é o consumo de até duas colheres de sopa por dia”, ressalta a especialista.

 

A busca pela rotina de alimentação saudável deu popularidade a uma semente versátil, que pode ser usada do café da manhã ao jantar: a linhaça. Por ser rica em nutrientes como fibras, vitaminas e minerais, é considerada um alimento funcional, que exerce papel fundamental no bom funcionamento do organismo. A semente também é sem glúten, portanto, segura para celíacos, que são alérgicos e intolerantes à proteína.

 

A linhaça possui duas variações: marrom e dourada. Segundo a doutora em engenharia de alimentos Amanda Roman Guedes, em termos nutricionais as duas sementes são muito parecidas. “A linhaça marrom tem 22% de proteínas e 44% de óleos, enquanto a linhaça dourada possui 29% de proteínas e 43% de óleos, o que confere um valor nutricional bem semelhante”, detalha.

 

As principais diferenças, segundo a engenheira, estão no cultivo e sabor. “Por ser cultivada em regiões de clima quente e úmido, a versão marrom é mais adaptada ao solo brasileiro e concentra maior quantidade de fibras, com sabor mais amargo e forte. Já a versão dourada é encontrada em locais de clima frio, com casca mais fina e sabor mais suave. É indicada para quem está começando a inserir sementes na alimentação. Contudo, por não ser tão comum no Brasil, ela acaba sendo mais cara do que a linhaça marrom”, explica Amanda.

 

Energia e a vitalidade

 

“A linhaça acelera o metabolismo e ajuda a recuperar a fadiga muscular. É uma fonte nutricional para o aumento de energia e vitalidade”, afirma Amanda. A presença da vitamina E na semente também combate o envelhecimento precoce.

 

Pão integral com linhaça marrom

 

Ingredientes:

 

4 copos de farinha de trigo integral

2 copos de farinha de trigo branca especial

1 copo de farinha de linhaça marrom estabilizada

1/2 copo de linhaça marrom em grãos

1 tablete de fermento biológico fresco

1/2 colher rasa (sobremesa) de sal marinho

5 colheres (sobremesa) de óleo de milho

1/2 copo de água ou até a massa ficar firme

Modo de preparo:

Peneire as farinhas e o sal.

Misture e adicione o óleo de milho.

Dissolva o fermento na água morna e acrescente à massa, amassando até alisar.

Deixe crescer em ambiente aquecido até dobrar de tamanho, durante aproximadamente 60 minutos.

Coloque um pano úmido sobre a massa para não secar.

Divida a massa em duas partes.

Enrole e coloque em formas.

Deixe descansar por uma hora e meia ou até dobrar de tamanho.

Em seguida, leve ao forno pré-aquecido a 150ºC por cerca de 50 minutos.

Passe ovo ou clara, salpicando os grãos de linhaça em cima.

A receita rende dois pães grandes.

 

Bolo de chocolate com linhaça dourada

 

Ingredientes:

 

3 ovos orgânicos

2 xícaras de chá de açúcar mascavo orgânico

3 xícaras de chá de farinha de trigo orgânica

1 xícara de chá de farinha de trigo integral orgânica

1/2 xícara de chá de amaranto em flocos

1 colher de sopa cheia de linhaça dourada triturada

1 xícara de chá de óleo vegetal orgânico (canola, milho ou soja)

2 xícaras de chá de leite orgânico

1/2 xícara de chá de chocolate em pó orgânico

2 colheres de sopa de fermento em pó

Modo de preparo: Bata as claras em neve e reserve.

Acrescente em um recipiente as gemas e 3 colheres de açúcar mascavo e bata bem até ficar com aspecto claro.

Em seguida, acrescentar o óleo, a farinha de trigo integral, a farinha de trigo comum, o amaranto, o restante do açúcar mascavo, o chocolate e o leite.

Misture bem até ficar uma massa homogênea.

Por último, acrescente as claras em neve e o fermento e mexa delicadamente.

Coloque a massa em tabuleiro grande untado com margarina ou óleo vegetal e polvilhado com farinha.

Asse em forno médio por 40 minutos.

O bolo rende cerca de 25 pedaços.

 

Leia mais notícias sobre Variadades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Domingo, 25/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.