Publicidade

Cuiabá, Domingo 25/10/2020

Gastronomia - A | + A

17.09.2020 | 08h14

Sobremesa bonita, gostosa e fácil de fazer

Facebook Print google plus

Rita Comini

João Vieira

João Vieira

Pense numa sobremesa simples, fácil de fazer, delicada, bonita e gostosa. De origem italiana, a panna cotta foi criada no início do século XX e desde então vem encantando olhares e paladares. É considerado um Produto Agroalimentar Tradicional da região do Piemonte, no noroeste da Itália.

 

A tradução da palavra panna cotta para o português - creme de leite cozido - define o que é esta sobremesa que faz sucesso mundo afora. Em síntese não passa de um doce feito com creme de leite, leite, baunilha e gelatina, com consistência de pudim, sempre servido com calda ou purê de frutas vermelhas. Com o tempo ganhou outros acompanhamentos como calda de caramelo, café, chocolate, laranja, manga, maracujá e outras frutas tropicais, o que lhe confere ainda mais elegância e camadas extras de sabor.

 

As inúmeras possibilidades de acompanhamentos tornam a panna cotta uma sobremesa versátil, embora mantenha uma base bastante neutra, sendo a pedida certa para quem não aprecia sobremesas muitos intensas. É ideal para finalizar uma refeição.

 

Por ser tão leve e refrescante é bastante apropriada para dias de quentes.

 

Confira algumas receitas dessa deliciosa sobremesa.

 

Panna cotta de lavanda com calda de amor

 

Calda

 

1 xícara (chá) amora congelada (130g)

1/2 xícara (chá) água (100ml)

1/2 xícara (chá) açúcar refinado (80g)

 

Creme

 

2 latas creme de leite (600g)

1 colher (sopa) folhas de lavanda picada (3g)

4 colheres (sopa) açúcar refinado (80g)

2 colheres (chá) gelatina em pó sem sabor incolor (8g)

90 ml leite para hidratar a gelatina

1 colher (chá) essência de baunilha (5ml)

óleo para untar

 

Modo de preparo

 

Calda

 

Em um liquidificador, bata as amoras com a água.

Em seguida transfira para uma panela e leve ao fogo médio com o açúcar refinado até engrossar.

Reserve.

Creme Leve ao fogo o creme de leite, o açúcar refinado e as folhas de lavanda, mexendo até levantar fervura.

Retire do fogo e passe por uma peneira.

Junte a gelatina, já hidratada com o leite e acrescente a essência de baunilha.

Mexa até obter uma mistura homogênea.

Depois de frio, coloque em fôrmas untadas com óleo e passadas na água.

Leve à geladeira por cerca de 4 horas até firmar.

Desenforme e sirva com a calda de amora.  

 

Panna cotta tradicional

 

Ingredientes:

 

Creme 400 ml de creme de leite com soro

6 colheres (sopa) de açúcar

1 fava de baunilha

2 folhas de gelatina sem sabor

 

Calda:

 

250g de frutas vermelhas de sua preferência

100g de açúcar

 

Modo de preparo:

 

Creme:

 

Derreta a gelatina em água fria.

Abra a fava de baunilha e coloque em uma caçarola com o creme de leite.

Raspe as sementes e acrescente ao creme.

Aqueça o creme durante 5 minutos, em fogo médio.

Quando estiver fervendo, junte o açúcar e bata para dissolvê-lo.

Aumente a temperatura do fogo.

Quando o creme levantar fervura, retire a caçarola do fogo.

Espere um minuto, retire a fava de baunilha e adicione a gelatina.

Bata vigorosamente para que fique bem incorporado.

Deixe esfriar por 5 minutos e bata novamente.

Distribua delicadamente o creme em tigelas pequenas, batendo sem parar para que as sementes de baunilha fiquem igualmente distribuídas.

 

Calda:

 

250g de frutas vermelhas de sua preferência

100g de açúcar

 

 

Quando o creme atingir a temperatura ambiente, cubra com filme plástico e leve à geladeira por pelo menos duas horas. No momento de servir, desenforme e cubra com a calda de preferência.

 

Calda: Leve o açúcar e as frutas, se forem morangos devem ser picados, ao fogo por 5 a 6 minutos até formar uma calda. Espere esfriar e espalhe sobre a panna cotta.

 

Mais opções e caldas

 

Morango com espumante

 

1/2 xícara (chá) de espumante

1 xícara (chá) de morangos picados

1/2 xícara (chá) de geleia de morango

Em um liquidificador bata todos os ingredientes até formar uma mistura homogênea. Retire do liquidificador e leve para gelar.

 

De damasco

 

15 damascos frescos, cortados ao meio e sem caroço

1/2 xícara de açúcar 1 1/2 xícara de água

1 colher de chá de extrato de baunilha

 

Leve todos os ingredientes para ferver em fogo médio por 2 a 3 minutos. Baixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar até que os damascos comecem a se desmanchar. Bata no liquidificador, leve para gelar e sirva sobre a panna cotta.

 

De maracujá

 

3 maracujás grande maduros

3 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro

 

Peneire a polpa e reserve as sementes. Misture a polpa com o açúcar de confeiteiro até diluir e formar uma calda. Adicione um colher de sopa de semente e descarte o restante. Leve para gelar.

 

Leia mais notícias sobre Variadades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Domingo, 25/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.