Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 24/09/2020

Meu Bicho e Eu - A | + A

08.02.2020 | 00h00

Caia na folia com o seu animal de estimação

Facebook Print google plus

 

A uma semana da folia de momo, donos de cachorros também podem fantasiar os seus pets para cair no Carnaval, nem que seja para dar uma voltinha em parques ou nas proximidades de casa. Porém, deve ser observado, principalmente, o conforto da fantasia para não prejudicar e nem estressar os animais. 

 

Então, a coluna Meu Bicho e Eu relacionou as principais dicas e cuidados para fantasiar os animais para o Carnaval que está prestes a começar, ou seja, daqui a uma semana.

Canal do Pet - iG

cachorro fantasia

 

Conforme o Canal do Pet, os cuidados no caso dos bichinhos devem ser outros e a escolha da fantasia de Carnaval para cachorro tem que ser muito cuidadosa. 

 

"Passar glitter nos animais, por exemplo, é extremamente proibido, já que o item pode causar problemas de saúde como fortes alegias. Já a fantasia de Carnaval para cachorro está liberada desde que siga alguns requisitos", esclarece.

 

Confira as recomendações do Canal do Pet para que o animal caia folia com muita segurança e conforto:  

 

 

Reprodução/Internet

cachorro

 

Conforto do cachorro

Não importa o quão legal a fantasia seja, se ela for muito grande, elaborada e causar desconforto para o animal, ela não é uma opção. Pense que o cachorro ficará vestido por algum tempo e a roupa poderá limitar seu andar, impedir que ele corra e, consequentemente, deixá-lo estressado. Sem contar o calor. 

 

Por isso, é importante que a fantasia seja do tamanho exato do animal, não esteja apertada nem muito larga. Tenha certeza de que as patas estão se movimentando sem nenhum impedimento. 

 

Além disso, o cachorro deve estar confortável em vestir alguma coisa. Muitos pets não gostam de roupas e acessórios, quem dirá de fantasias. Se esse for o caso do seu bichinho, não insista. Isso pode deixá-lo estressado e causar até problemas de saúde. 

 

Participe do #MeuBichoeEu #GazetaDigital - Mande sugestões de reportagens para o e-mail: redacao@gazetadigital.com.br

 

Material da fantasia

O tecido que a fantasia é feita também influencia muito. Materiais que coçam ou pinicam podem incomodar o animal e impedi-lo de aproveitar um passeio durante o Carnaval. Opte sempre por itens de boa qualidade.

 

Acessórios e detalhes 

Conforto e material de qualidade garantidos, é preciso prestar atenção nos detalhes. Peças muito pequenas e brilhantes nas roupas podem ser arrancadas e engolidas pelo animal. Já acessórios com eláticos que são presos na cabeça podem ser muito desconfortáveis. 

Delas -iG

Cachorro

 

Fantasia de Carnaval para cacahorro decidida, é hora de curtir a folia e ir para bloquinhos.  Faça a opção de levar o cão em comemorações de bairro, que não juntem multidões.

 

O horário também deve ser um fator importante para a escolha, não é recomendado sair em períodos muito quentes. Leve água para manter seu bichinho hidratado e boa folia!

 

Texto: Canal do Pet 

 

*Página semanal com atualização aos sábados

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,60 -1,01%

Algodão R$ 89,94 -0,27%

Boi a Vista R$ 136,00 -0,37%

Soja Disponível R$ 70,60 -1,40%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.