Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 06/12/2019

Variedades - A | + A

Deu em A Gazeta 09.11.2019 | 08h50

Blues invade Chapada dos Guimarães na noite deste sábado

Facebook Print google plus
Luiz Fernando Vieira

luferna@gazetadigital.com.br

Divulgação

Divulgação

A noite deste sábado (9) tem tudo para se tornar histórica em Chapada dos Guimarães. A 4ª edição do Geodésica in Blues Festival, que acontece a partir das 14h, na Praça Dom Wunibaldo, com entrada franca, reúne alguns dos mais importantes artistas de Blues do estado e do país, além de ter a honra de servir de palco para o cantor Mud Morganfield. Vindo diretamente de Chicago (EUA), ele é legítimo herdeiro da lenda McKinley Morganfield, que todos conhecem como Muddy Waters.

 

Com uma programação internacional o Geodésica in Blues Festival, que mais uma vez leva a chancela da Cultura FM, ratifica sua posição no seleto grupo dos eventos que fazem parte do circuito nacional de Blues, a exemplo de outras como Caxias do Sul (RS), Rio das Ostras (RJ), Guaramiranga (CE), Antonina (PR) e as mineiras Tiradentes e Ibitipoca. Ou seja, vem garantindo cada vez mais visibilidade em Mato Grosso para um estilo musical que até então não encontrava o merecido espaço.

 

Dessa forma o Geodésica in Blues Festival, mais uma vez capitaneado por Luiz Brizuela, Marcos Sguarezi e Xisto Bueno, também abre oportunidade para apresentações de músicos/artistas locais que gostam e se dedicam ao estilo musical no estado e no país. Serão 4 atrações mato-grossenses, começando por Carol Brandalise, que fará a abertura da programação, às 15h, além de nomes como Underground Blues, Danilo Bareiro, Silver Guy e Whisky de Segunda, esta última uma das mais tradicionais o vizinho Mato Grosso do Sul.

 

A banda Underground Blues ficou incumbida da importante missão de enaltecer o trabalho do homenageado desta edição, ninguém menos que o saudoso Celso Blues Boy (1956-2012). Considerado um ícone do estilo no Brasil, ele foi um grande batalhador para a disseminação do Blues no país e também acompanhou grandes artistas, como Raul Seixas, a dupla Sá & Guarabira e Luiz Melodia, além de atuar em bandas como Legião Estrangeira e Aero Blues.

 

É dele o grande clássico Aumenta Que Isso Aí É Rockn Roll e sua discografia inclui álbuns importantes como Marginal Blues (1986), 3 (1987), Quando a Noite Cai (1989), Indiana Blues (1996), Nuvens Negras Choram (1998), Vagabundo Errante (1999), Novo Milênio (2005) e Por um Monte de Cerveja (2011). Teve o privilégio de ser o único brasileiro agraciado com uma participação do rei B. B. King em uma faixa do seu álbum Indiana Blues.

 

Entre as atrações nacionais um line-up de peso do Blues nacional, com atrações do quilate de Flávio Guimarães & Netto Rockfeller (RJ/SP) e Décio Caetano e Banda (Curitiba-PR), que volta ao Geodésica in Blues trazendo também Bernardo Manitta & João Fortes.

 

E para fechar a noite, o primeiro bluesman internacional do festival, o premiado Mud Morganfield. Filho mais velho da lenda Muddy Waters (1913-1983), ele foi criado cercado por muitos dos melhores músicos do Blues. O canto de Mud está firmado, portanto, na melhor das tradições do blues de Chicago, mas ele também é um escritor de ótimas músicas e conta com o apoio de alguns dos melhores músicos do estilo. Mud é aclamado por críticos e artistas como Buddy Guy e Jools Holland por sua grande habilidade musical.

 

O último álbum do Mud, They Call Me Mud, foi lançado em 9 de março de 2018 e recebeu ótimas críticas. O mesmo ocorreu com Son of the Seventh Son, lançado na Severn Records em 2012. O álbum foi indicado nas categorias Melhor Álbum e Álbum de Artista Masculino Tradicional Blues do 2013 Blues Foundation Blues Music Awards. Em 2014, a colaboração de Mud com Kim Wilson, o álbum For Pops, atraiu elogios e prêmios da crítica. Son of the Seventh Son faz parte da seleta lista dos 50 principais álbuns de 2012 da revista Classic Rock, além de receber dois prêmios Blues Blast.

 

Serviço

O 4º Geodésica In Blues será realizado neste sábado (9), na Praça Dom Wunibaldo, em Chapada dos Guimarães, com entrada gratuita. Mais informações sobre o evento no site

 

Programação do 4º Geodésica in Blues Festival

14h - Abertura Oficial

15h - Carol Brandalise

16h - Underground Blues

17h - Danilo Bareiro

18h - Whisky de Segunda

19h - Pausa para a missa

20h - Flávio Guimarães & Netto Rockfeller

21h - Silver Guy

22h - Décio Caetano e banda (feat. Bernardo Manitta & João Fortes)

23h - Mud Morganfield

 

Leia mais notícias sobre Cultura na edição do Jornal A Gazeta

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Qual palavra define melhor o ano de 2019 no Brasil?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 06/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,40 1,18%

Algodão R$ 90,59 0,72%

Boi a Vista R$ 137,00 0,92%

Soja Disponível R$ 67,50 -0,59%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.