Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 25/09/2020

Variedades - A | + A

exibição 05.08.2020 | 10h10

Fora da TV e do streaming, “Chaves” vira um mistério mundial

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Para onde vai o seriado mexicano “Chaves”, após dizer adeus para a televisão brasileira e mundial, além do streaming, no último dia 31 de julho? É a pergunta de Um Milhão! Ou vale Milhões! Pode escolher a moeda.

 

Em comunicado, semana passada, depois de a notícia ser divulgada neste espaço, o SBT se posicionou assim:

“A informação [sobre a saída do programa] chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/07), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias [Grupo Chesperito, dono dos roteiros escritos por Roberto Gómez Bolaños (1929-2014)]”.

 

Leia também - Filho de Luciano Camargo diz que não vê o pai há três anos

 

“A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou há poucos dias do fim do contrato”, prosseguiu a emissora de SS, que lamentou a decisão.

 

O Multishow também foi atingido:

 

“O contrato com a Televisa para a exibição de ‘Chaves’ e ‘Chapolin’ se encerrou no dia 31 de julho. O Multishow segue tentando avançar com a negociação para manter a atração no canal, mas sem garantia da renovação”, explicou o canal pago da Globo.

 

Ou seja, o Brasil não desistiu do Chaves, mas o Chaves já desistiu do Brasil... e do mundo. Sabe-se lá até quando.

Há realmente algo muito misterioso por trás de tudo isso.

 

Segundo se informa, o filho de Bolaños, Roberto Gómez Fernández, após avaliar a parceria com a Televisa, decidiu dar um novo rumo à obra do pai, da qual detém os roteiros originais e pode fazer o que bem quiser com eles, incluindo novas versões.

 

Em meio a tudo, sem confirmação de ninguém ainda, aparece o nome da gigante do streaming Netflix, que pode ser o destino de Chaves e companhia bela.

 

Por enquanto, o mistério segue.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,90 0,92%

Algodão R$ 93,92 0,12%

Boi a Vista R$ 128,33 0,65%

Soja Disponível R$ 65,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.