Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 28/02/2020

Variedades - A | + A

dezembro verde 10.12.2019 | 16h11

Número de animais abandonados pela família cresce durante as férias

Facebook Print google plus

Pixabay/R7

Pixabay/R7

O problema do abandono animal no Brasil não é uma novidade. A Organização Mundial da Saúde estima que existam mais de 30 milhões de pets nas ruas, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. Mas a situação se agrava ainda mais durante as férias de verão.

 

Leia também - Marie Fredriksson, vocalista do Roxette, morre aos 61 anos

 

Dezembro e janeiro registram um aumento de até 70% dos casos. É comum a presença de animais vagando em parques, amarrados em postes, jogados do carro ou simplesmente deixado pelos tutores em clinicas veterinárias e hotéis. A família não volta para buscá-los.

 

"Infelizmente, recebemos muitos vídeos de pessoas em flagrante soltando animais nas estradas e nas ruas. Incentivamos a denúncia e vamos continuar a lutar para que a lei seja mais rígida", explica o delegado Bruno Lima.

 

A principal desculpa é a impossibilidade de levar o bicho de estimação nas férias ou ainda o custo para deixá-lo sob cuidados de terceiros. A irresponsabilidade amplia o cenário do abandono e lota as ONGs de proteção, que recebem centenas de pedidos de ajuda durante a temporada.

 

Abandono é crime
Instituições iniciaram a campanha Dezembro Verde para chamar a atenção da população. Ao adquirir um animal, é importante que o indivíduo tenha a consciência da “posse responsável”, que inclui uma lista de cuidados ao longo de toda existência do pet: alimentação, segurança, saúde em dia, identificação, etc.

 

Além de cruel e desumano, abandonar em locais públicos é crime. O artigo 32 da Lei 9.605/98 determina detenção de três meses a 1 ano e multa a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos ou realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo. A punição ainda é aumentada, de um sexto a um terço, se o ato resultar em morte.

 

Como denunciar

Presenciou uma cena de abandono? Junte as provas e registre o caso. “O primeiro passo para denunciar é ir até a delegacia civil mais próxima. Leve fotos e vídeos para realizar o boletim de ocorrência. Se a delegacia se recusar a registrar, leve o caso para a corregedoria da Polícia Civil”, orienta o delegado. Outra opção é procurar o Ministério Público, informando dados da delegacia e do policial.

Em São Paulo, a Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA) oferece um serviço online à população para denúncias de crimes ocorridos no Estado. Denuncie! 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Número de delações premiadas significa que MT está sendo passado a limpo?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 28/02/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,60 0,49%

Algodão R$ 96,88 0,55%

Boi a Vista R$ 133,83 0,47%

Soja Disponível R$ 75,70 0,80%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.