Publicidade

Cuiabá, Sábado 14/12/2019

Variedades - A | + A

cultura 20.09.2019 | 09h32

Solo poético de Amauri Tangará

Facebook Print google plus
Luiz Fernando Vieira

luferna@gazetadigital.com.br

Divulgação

Divulgação

O sertanejo é, antes de tudo, um forte”, definiu o Euclides da Cunha no livro Os Sertões. Sua força não reside somente na disposição para o trabalho, na resistência às ambiências extremas e na resiliência. Está também em sua cultura, que se baseia nas coisas mais simples que lhe são comuns, para encantar com seus causos, lendas, tradições, musicalidade e religiosidade. São esses os ingredientes de Cafundó - Onde o Vento Faz a Curva, de Amauri Tangará, que será apresentado nesta sexta-feira (20), no Cine Teatro Cuiabá.

 

O espetáculo, dirigido por Tati Mendes, é um solo de Amauri Tangará que o define como “poético, alegre, vibrante e inesquecível”. Não fosse assim, certamente não estaria há nada menos que 30 anos em cartaz, passando por teatros brasileiros e de vários outros países da América, África e Europa. “Cafundó é a brasilidade do teatro caboclo, na cor, no gosto, no cheiro e no gesto. Cortante como o trem do Pantanal, gostoso como licor de pequi, simples como cigarro de palha!”, define.

 

É também luta e resistência. A apresentação exclusiva de Cafundó é uma ação solidária de Amauri Tangará e Tati Mendes, em que toda a bilheteria do espetáculo será revertida em apoio ao I Encontro Nacional de Mulheres Sem Terra, que será realizado em novembro, em Brasília (DF). Nas palavras dos artistas, trata-se de “um tijolo para a resistência”.

 

Por meio do trabalho, Amauri resgata, recicla, relembra e dá nova vida a histórias e causos do povo sertanejo. O autor faz do texto uma linguagem simples e, apesar de falar do sertão e de seus habitantes, a plateia não fica descontextualizada, pois o tema é universal. A comparação com Guimarães Rosa é inevitável, por tratar da magia da tradição do homem do sertão.

 

Os mitos, as lendas e as tradições do Pantanal brasileiro são os principais ingredientes do espetáculo, uma divertida coletânea de momentos nos quais o “contador de causos” Amauri passa em revista o fantástico imaginário cultural do interior do Brasil.

 

Os artistas
Amauri Tangará é um autodidata que se dedicou às artes desde cedo, tornando-se ator, roteirista, dramaturgo, cineasta, diretor teatral, preparador de atores, provocador cultural. A inseparável companheira Tati Mendes é administradora, gestora cultural, parecerista, facilitadora de oficinas de cinema e produtora. Deste 1997 os dois lideram a Cia D’Artes do Brasil. A dupla têm no currículo longas-metragens como A Oitava Cor do Arco-Iris, Ao Sul de Setembro e Nenhures, além de médias como o hoje clássico Pobre é Quem Não Tem Jipe e a série de TV O Pantanal e Outros Bichos, recentemente exibida pela TV Brasil. No teatro, além de Cafundó, destacam-se Viver é Raso e Salário dos Poetas. Em âmbito internacional, a Cia tem estreita relação com o Teatro O Bando, de Portugal, com quem mantém intercâmbio.

 

Serviço

O espetáculo Cafundó - Onde o Vento Faz a Curva, de Amauri Tangará, será apresentado nesta sexta-feira (20), às 19h, no Cine Teatro Cuiabá. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Pagam a meia entrada: estudantes, idosos a partir de 60 anos, crianças a partir de dois anos, professores da rede pública, jornalistas, radialistas e doadores de sangue. E há também a meia solidária R$ 15 + um litro de leite. A classificação é livre. Mais informações: 98109-4569 ou 98124-5543.

 

Leia mais  notícias sobre Variedades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Os políticos estão interessados na crise climática mundial?

Parcial

Edição digital

Sábado, 14/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,70 2,07%

Algodão R$ 90,18 0,56%

Boi a Vista R$ 129,63 -0,03%

Soja Disponível R$ 69,40 -0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.