Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 04/12/2020

Economia - A | + A

curiosidades 02.09.2020 | 14h54

Nota de 20 reais custa mais que a de 100, e a de 5 é a mais rara, segundo aponta BC

Facebook Print google plus

Pixabay

Pixabay

A entrevista coletiva do Banco Central que apresentou a nova cédula de 200 reais nesta quarta-feira (2) trouxe também curiosidades sobre as notas que já circulam no mercado nacional.

 

Entre elas a de que a nota de 20 reais é mais cara para ser fabricada que duas que têm o valor impresso maior. O milheiro da primeira custa R$ 309, enquanto a de 50 sai por R$ 275 e a de 100, R$ 280.

 

A mais cara da família passa a ser a de 200 reais, lançada nesta quarta: R$ 325 o milheiro.

 

De acordo com o banco, a diferença nos custos se explica porque cada nota usa insumos próprios, nacionais e importados, e esses produtos, como todos, sofrem variações de preço no momento da compra.

 

Leia também - Nota de R$ 200 entra em circulação a partir desta quarta-feira

 

Só para terminar a lista, mil notas de 10 reais custam R$ 284 e de 5 saem por R$ 210.

 

A menor cédula em valor no mercado, de 2 reais, é também a mais barata: R$ 205 o milheiro.

 

O BC esclareceu na entrevista que só lançou a versão de 200 reais porque havia a demanda no mercado por papel moeda. Eles calculam que até o fim deste ano precisam ser fabricados 105,9 bilhões de reais em notas.

 

Antes da chegada do dinheiro com a estampa do lobo guará, a nota mais utilizada no país era a de 50 reais, que estampava 32% de todas as cédulas. Depois vinha a de 100 reais, com 21%, seguida por 2 reais, 18%, e 20, 12%.

 

As menos usadas eram as de 10 (9% de todas as notas) e 5, com 8%.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,80 -0,33%

Algodão R$ 126,90 -0,91%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 -0,97%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.