Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 18/09/2020

Esporte - A | + A

tinham relação próxima 13.08.2020 | 15h41

Decepcionado com saída de Jesus, Rafinha negocia com Grécia para deixar Flamengo

Facebook Print google plus

Alexandre Vidal/Flamengo

Alexandre Vidal/Flamengo

Rafinha era muito feliz com Jorge Jesus.

 

Líder do grupo, adorava sua importância no esquema tático, na liberdade para atacar, as triangulações com Everton Ribeiro ou Gabigol.

 

Viveu o êxtase com o Flamengo campeão da Libertadores, do Brasil, do Rio de Janeiro, da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana.

 

Mas, ele voltou ao Brasil com os dois pés atrás.

 

Leia também - CBF liberará atletas que tenham testado positivo para covid-19 há mais de 10 dias

 

Se não se adaptasse ao desorganizado futebol brasileiro, depois de 14 anos na Europa, ele teria facilitada sua saída do Flamengo.

 

Ele exigiu e conseguiu uma cláusula contratual que o libera 'de graça' para o Exterior, caso surgisse proposta que o interessasse.

 

Rafinha fará 35 anos no próximo mês.

 

A diretoria do Flamengo estava tranquila, via a felicidade do lateral com Jorge Jesus.

 

Mas tudo mudou rapidamente, com a ida do português para o Benfica.

 

Rafinha trabalhou com Domènec Torrent no Bayern. O agora treinador na Gávea era auxiliar de Pep Guardiola.

 

O lateral brasileiro era um reserva de luxo.

 

Guardiola queria a explosão muscular, a velocidade que Rafinha já não tinha.

 

E foi com essa visão que Torrent chegou à Gávea.

 

A da fragilidade física de Rafinha.

 

Não foi por acaso que ele ficou começou na reserva ontem, na desastrosa noite contra o Atlético Goianiense, na derrota por 3 a 0. O lateral entrou no segundo tempo, quando o time já perdia por 2 a 0.

 

Ao mesmo tempo que Domènec aceitava vir trabalhar no Brasil, o ex-jogador Lincoln, que empresariou a volta de Rafinha ao país, foi procurado por dirigentes do Olimpiakos, na Grécia.

 

Eles sabiam dessa cláusula contratual de Rafinha.

 

O clube não teria de pagar nada para o Flamengo, caso ele aceitasse atuar no Olimpiakos.

 

Foi feita uma proposta ao lateral.

 

A princípio, por dois anos.

 

E ele demonstrou a dirigentes flamenguistas que quer sair.

 

O ambiente no clube mudou muito sem Jesus.

 

O lateral sabe que o Olimpiakos deve ser sua última chance no futebol europeu.

 

Haverá uma reunião decisiva hoje à tarde.

 

A notícia vazou.

 

Os dirigentes tentam convencer o jogador a ficar.

 

Não está nada fácil.

 

Temem que o time fabuloso de 2019 comece a se desmanchar.

 

Percebem o quanto estava nas mãos de Jesus.

 

Do céu, o Flamengo mergulha no inferno...

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Denúncias de mulheres contra agressores demoram vir à tona por conta de posição social?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 18/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,75 0,24%

Algodão R$ 92,48 -0,47%

Boi a Vista R$ 133,99 0,08%

Soja Disponível R$ 72,90 -0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.