Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 06/08/2020

Polícia - A | + A

UMA PESSOA ESTÁ PRESA 08.10.2019 | 10h14

Corpo encontrado em mata de Sinop é de enfermeira, afirma filho

Facebook Print google plus

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Corpo em estado avançado de decomposição foi encontrado em uma mata fechada em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). A suspeita é de que se trata da enfermeira desaparecida há 11 dias, Zuilda Correia Rodrigues, 43, sendo confirmado pelo próprio filho dela. Já há uma prisão, informou a Polícia Civil.

 

As informações são da imprensa local, que acompanham os trabalhos das policiais Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial e Identificação Técnica. 

 

Leia também - Motoqueiro é encontrado morto próximo de lixão no interior de Mato Grosso

 

Apesar das forças de segurança não confirmarem, um dos filhos da enfermeira disse à imprensa que é o corpo da mãe. Ele acompanhou parte do trabalho e deixou o local em uma moto. Para a polícia, é necessário o exame de necropsia, até mesmo para esclarecer a causa da morte. 

 

O corpo estava na mata que corta a Estrada Rute de Souza, há poucos metros do Centro de Treinamento de Freestyle do Joaninha. Um drone teria auxiliado nas buscas em meio à mata. 

 

Delegado Carlos Eduardo Muniz que declarou ao que a investigação seguia em sigilo, conta agora que e equipe de investigadores está há dois dias seguidos em diligências para esclarecer o crime. Confirmou ainda a prisão de um suspeito que não teve a identidade revelada.

 

Coletiva de imprensa deve acontecer na tarde de terça, onde a polícia dará mais detalhes do encontro do cadáver e da prisão.

 

Cabelo e sangue no carro

Conforme o marido da vítima, de 32 anos, a esposa ficou em casa por volta das 19h e ele voltou para o trabalho, um espetinho na região central da cidade. Zuilda deveria ir até o local para trabalhar com o marido, mas não apareceu.  

 

Ele retornou em casa às 20h e não encontrou a mulher, imaginando que ela poderia estar na igreja. Quando voltou do trabalho, já no fim do expediente, flagrou o carro dela na porta de casa, mas ela não estava no local.   

 

Ao abrir o veículo, percebeu que havia marcas de sangue na lateral da porta e que havia ainda, cabelos espalhados pelo carro. Apesar das evidências, o boletim de ocorrência de desaparecimento só foi realizado na manhã de sábado (28). 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 06/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,40 1,57%

Algodão R$ 92,66 -0,12%

Boi a Vista R$ 136,67 0,00%

Soja Disponível R$ 66,25 0,38%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.