Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 03/08/2020

Polícia - A | + A

MOTIVAÇÃO DO CRIME 03.04.2020 | 18h32

Perícia colhe sangue para fazer teste de gravidez em menina morta a pauladas

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant/Welliton Barbosa

Marcus Vaillant/Welliton Barbosa

Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmou que colheu sangue da menina Anna Luiza Nunes do Carmo, 13, encontrada morta na última quinta-feira (2) em Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), para confirmar se ela estava ou não grávida do suspeito do crime, adolescente de 15 anos, já apreendido.


A informação foi confirmada ao pela Politec. "Foi colhido o sangue para o teste de beta-HCG. O material será encaminhado domingo (5) para Cuiabá e em seguida, irá para o laboratório com pedido de urgência", destacou o órgão.

 

Leia também - Menor de 15 anos é apreendido suspeito de matar menina a pauladas

 

Vale ressaltar que o corpo da menina passou por necropsia e por se tratar de uma possível gestação em fase inicial, nada foi constatado pelos médicos legistas. Sendo assim, foi necessário pedir o exame para confirmação do fato.


Essa seria a principal motivação para a morte da menina, conforme o delegado Nilson Farias, em oitivas logo após o encontro do corpo de Anna, testemunhas informaram que havia a suspeita de que ela estivesse grávida.


"Ela e o suspeito ficavam e tiveram relações sexuais nos últimos dias, tanto é que ela passou a ter alguns sintomas, como enjoos, o que gerou essa desconfiança. Ele chegou a comentar com amigos", disse Farias.


Mas, nesse período o menor começou a se relacionar com uma outra jovem, que segundo delegado, é de família tradicional da cidade. "Que tem uma condição financeira boa, bonita fisicamente, então, entendi que ele não queria perder esse relacionamento novo".


Suspeito está apreendido e o delegado já presentou junto ao Ministério Público Estadual (MPE) pela sua internação. Ele já participou de roubos, furtos e é suspeito de integrar uma facção criminosa, além de ser usuário de drogas.


Delegado Farias informou ainda que até o presente momento, ele estaria sozinho no crime. "Os elementos demonstram que ele agiu sozinho". O menor negou todos os crimes.


Velório e sepultamento
O velório de Anna aconteceu na noite de quinta, por algumas horas, em uma capela da cidade. O caixão foi fechado devido a condição que seu corpo ficou após as agressões.


Em seguida, foi levado para a cidade de Campo Mourão, no Paraná, onde será sepultado. A mãe de Anna está grávida.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 03/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,23 -0,47%

Algodão R$ 92,32 0,24%

Boi a Vista R$ 131,35 1,04%

Soja Disponível R$ 64,40 0,16%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.