Publicidade

Cuiabá, Domingo 26/01/2020

Polícia - A | + A

"Fim da linha" 12.12.2019 | 16h11

Principal grupo criminoso 'especializado' em roubos de defensivos é desarticulado

Facebook Print google plus

PJC-MT

PJC-MT

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil, deflagrou nesta quinta-feira (12), a Operação “Fim da Linha” para cumprir 16 ordens judiciais contra a principal organização criminosa especializada em roubos de defensivos agrícolas no Estado. 

 

Os mandados continuam sendo cumpridos em Cuiabá, Primavera do Leste, Poxoréu, Sinop, Sorriso e Lucas do Rio Verde. 6 pessoas alvos de mandados de prisão já foram detidas. 

 

Entre os presos estão, Fernando Serrando de Souza, conhecido como “Gordão”, Moisés Sales da Silva, o “Magrão”, Reinald Sthephanio Arouca de Moura, o “Rinodê”, Márcio Vieira Dias, conhecido como “Mineiro”, José Carlos Oliveira Duarte, o "Perninha" e Bruna Almeida Silva.

 

Leia também - PT avalia nomes de Abicalil, Rosa Neide e Valdir Barranco para disputa ao Senado

 

Outros dois integrantes do grupo, identificados como, Johne Ribeiro da Silva, o “John-John” e Cassiano de Lima Camargo, conhecido como “Cara de Arraia”, morreram durante confronto com a Polícia, no mês de outubro, ocasião em que um policial também ficou ferido.

 

As investigações iniciadas há cerca de um ano apontaram os principais 8 integrantes do grupo criminoso responsável por pelo menos 11 roubos realizados no período de um ano.

 

Por meio de ações de inteligência e análise de dados, a GCCO conseguiu mapear e identificar 11 fazendas situadas em diversos municípios, as quais foram vítimas do mesmo grupo criminoso.

 

De acordo com o delegado Frederico Murta que conduziu as investigações em todos os fatos investigados os criminosos atuavam sempre da mesma maneira.

 

“Cerca de 10 indivíduos fortemente armados e com uso de coletes balísticos, rendiam e amarravam os moradores e funcionários das fazendas, cortando ainda todo tipo de comunicação. Valendo de muita violência e graves ameaças às vítimas que permaneciam amarradas por horas”, explicou o delegado.

 

Após a ação criminosa, os suspeitos fugiam do local levando todo o estoque de defensivos agrícolas, veículos, armas e outros pertences das vítimas.

 

Além das prisões, a GCCO recuperou cargas, apreendeu 6 armas de fogo, um colete balístico e vários veículos pertencentes à organização criminosa.  

 

O grupo criminoso foi responsável pelo roubo ocorrido no mês de outubro em Lucas do Rio Verde. Na ocasião, após realizarem um roubo, os criminosos reagiram a uma ação policial no município, no momento em que faziam o transbordo da carga roubada.

 

Na abordagem, houve um confronto entre os criminosos e policiais da GCCO, culminando com um policial ferido e dois criminosos mortos. Na ação, foi recuperada uma carga avaliada em mais de R$ 1 milhão, que havia sido roubada de uma das fazendas dois dias antes.

 

Para o delegado-geral Mario Dermeval Aravéchia de Resende, a operação demonstra que a Polícia Judiciária Civil está empenhada no combate ao roubo de defensivos agrícolas.

 

“A desarticulação da organização criminosa apontada como principal atuante em roubos de defensivos no Estado demonstra que a Polícia Civil está aprimorando e fortalecendo as ações de combate a roubos, furtos e contrabandos de agrotóxico em Mato Grosso”, destacou Mario Resende.

 

A operação contou com o apoio das delegacias de Sinop, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

80% dos brasileiros pechincham antes de comprar, segundo pesquisa

Parcial

Edição digital

Domingo, 26/01/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,15 0,28%

Algodão R$ 91,13 -0,04%

Boi a Vista R$ 135,70 0,00%

Soja Disponível R$ 65,86 0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.