Muitos pensam em ter um pagagaio em casa que, além da beleza e de cantar, ainda fala. Com majestosa penugem, a personalidade divertida e a capacidade de aprendizado são as principais características que conquistam os seres humanos. Porém, fica o alerta: ser dono desse animal é uma enorme responsabilidade e um passo importante na vida.

 

Para se ter um papagaio em casa, não é tão fácil, como adotar um cachorro ou gato, por exemplo. Por ser um animal silvestre, o primeiro passo é procurar o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) para solicitar a autorização e, principalmente, conhecer a procedência da ave. 

Canal do Pet - iG

Papagaio dois

 

A segunda etapa é se perguntar se você tem condições de cuidar dessa espécime exótica. Muitos aspectos devem ser considerados para conseguir mantê-lo, como os gastos com utensílios, o emocional complicado e a longevidade.

 

Então, veja as dicas e e confira se está preparado para ter uma ave em casa através de quatro perguntas importantes. 

 

Tem condições de manter dois pagagaios?  

Os papagaios têm uma vida emocional bem complicada e frequentemente sofrem de depressão. A melhor forma de evitar isso é adotando dois ou mais espécimes, para que um faça companhia ao outro e evite problemas comportamentais.

 

Caso você não consiga manter mais de um exemplar, ficará sob sua responsabilidade brincar e interagir com o animal várias horas por dia. Compre diversos brinquedos e espalhe-os no viveiro, de modo que a ave tenha sempre uma ocupação.

 

Custa caro cuidar dessa ave?

Saiba que os papagaios são animais caros de se manter. A maioria dos custos estão associados aos cuidados, como instalação do aviário, enriquecimento ambiental, alimentação e despesas médicas.

 

Canal do Pet - iG

Papagaio

 

No geral, reserve pelo menos R$ 2,5 mil por ano para gastar com a ave. Esse valor deve ser multiplicado por sua expectativa de vida (entre 50 e 80 anos) e a quantidade de exemplares em casa. Ou seja, você terá que desembolsar um bom dinheiro ao longo do tempo, principalmente se for dono de espécimes longevas.

 

Além disso, devido os problemas comportamentais recorrentes nessas aves, as despesas podem aumentar consideravelmente se decidir contratar sessões de treinamento conduzidas por etólogos e treinadores qualificados. 

 

Participe do #MeuBichoeEu #GazetaDigital - Mande sugestões de reportagens para o e-mail: redacao@gazetadigital.com.br

 

E o espaço para instalar um aviário?

A melhor instalação para a vivência de papagaios é um aviário. Esse ambiente é amplo, com pelo menos um metro e meio de altura e dois metros de largura, e com espaço para o animal voar e exercitar os músculos.

 

Uma alternativa ao aviário são gaiolas tradicionais, mas atente-se ao tamanho. Elas devem permitir que o animal estenda totalmente as asas e possa batê-las, além de conseguir voar por toda a parte. Se optar por esse modelo, lembre-se de deixar a ave solta por algumas horas para ser treinada e socializada.

Estimação

Papagaio  come

 

 

Qual o tempo para se dedicar a ave?

Por causa da extensa longevidade, muitos papagaios são abandonados e transformados em herança. Alguns exemplares podem atingir até 100 anos, e a grande maioria ultrapassa facilmente os 60 anos. 

 

Portanto, pense bem antes de se comprometer, pois um papagaio é uma obrigação eterna. Lembre-se que a vida passa por muitas transformações ao longo dos anos e todas as alternativas devem ser consideradas na hora da adoção.

 

Texto - Canal do Pet - IG 

 

Página semanal com atualização aos sábados