Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 14/07/2020

Cidades - A | + A

Veja vídeo 29.06.2020 | 14h26

Em surto, mulher agride homossexual em rodoviária de MT

Facebook Print google plus

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Uma mulher foi detida e depois encaminhada para atendimento médico após agredir e xingar um rapaz homossexual durante um surto na rodoviária de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte da Capital). Funcionários registraram a agressão no domingo (28), que começou porque ela não aceitou o distanciamento obrigatório.

 

De acordo com as testemunhas, ela foi ao local comprar uma passagem de ônibus, mas não aceitou ficar na fila e respeitar a distância entre as pessoas. Ao ser alertada pelo funcionário das medidas de segurança, começou a fazer ameaças e agredir o jovem.

 

Leia também - Idoso de 73 anos é agredido com pedaço de madeira na cabeça

 

No vídeo, ela bate no rapaz, dá vários tapas e ainda joga um pedaço de madeira no funcionário da agência de viagens. "Me mata, se você não me matar, você vai morrer", diz ela durante as agressões.

 

Durante as agressões, às quais o jovem não reagiu, ela dizia frases como: "Você sabia que veado vai para o inferno?", "eu tenho nojo de veado". Apesar dos pedidos do funcionário, ele só recebeu ajuda com a chegada da polícia.

 

Segundo a família da mulher, ela sofre de transtornos mentais e toma remédios controlados. Horas antes ela saiu sem ser vista de um hospital na cidade e foi para a rodoviária, onde realizou as agressões. Após o registro do boletim de ocorrência, ela precisou ser contida pelo Corpo de Bombeiros para ser levada novamente para o hospital.

Veja o vídeo


Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Davi - 30/06/2020

Tem nada de louça não, é safadeza mesmo, ela é bem lúcida e sabe bem o que diz ,quando ameaça o rapaz. Safadeza, isso é falta de umas boas porradas, ninguém tem direito de sair humilhando,quebrando as coisas e agredindo as pessoas . Se é louca a família interne , é muito fácil fazer as merdas e dizer que sofre de transtorno, vá quebrar as coisa na casa dela. Safadeza devia era ficar um bom tempo na cadeia , esse rapaz foi muito controlado ,pq se fosse outro tinha descido a mão , num instante ela ficava boa.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 14/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,55 -1,82%

Algodão R$ 93,80 0,20%

Boi a Vista R$ 134,50 0,37%

Soja Disponível R$ 67,80 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.