Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 29/05/2020

Cidades - A | + A

alerta 11.03.2020 | 15h10

Rondonópolis registra aumento de 700% nos casos de dengue

Facebook Print google plus

Rovena Rosa/Agência Brasil

Rovena Rosa/Agência Brasil

Após divulgação de casos monitorados do novo coronavírus COVID -19, a população entrou em estado de alerta para não ser contaminado pela doença. No entanto, outra velha conhecida doença tem se alastrado de forma alarmante. Os casos de dengue aumentaram 300% em todo o Estado. Rondonópolis (215 km ao Sul) é a cidade com índice mais preocupante, com elevação de 757% no número de doentes em relação ao ano passado.

 

Leia também -Vídeo mostra momento de agressão em lançamento de obra

 

Conforme informações de reportagem veiculada na TV Vila Real, em 2019 foram identificados 57 casos da doença na cidade. Somente nos primeiros meses de 2020, o número já saltou para 489, representando salto de 757% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Outra cidade que está sob alerta da doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypt é Sinop (500 km ao Norte). No Município foram registradas 321 notificações da doença, no ano passado. Esse ano já houve 1.744, o que demonstra crescimento de 443% no número de infectados.

 

Em 2019 houve 4 mortes por dengue no estado. Esse ano já foram 2 mortes e uma está sob investigação.

 

Para a superintendente da Vigilância em Saúde, Tatiana Helena Belmonte, é inadmissível que ainda hoje pessoas morram em decorrência da dengue. Isso porque a proliferação do mosquito é altamente evitável, se tomados os cuidados adequados.

 

“A dengue é uma doença perfeitamente evitável, eliminando os criadouros do mosquito. Depois, o tratamento é muito simples. Ao apresentar os sintomas é preciso que o paciente procure atendimento médico. Não se explica , ainda hoje, uma pessoa morrer por falta de tratamento para a dengue”, explica Tatiana Helena.

 

Segundo a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (SES) foi emitido alerta para alguns municípios com alta incidência da doença. Também fornecidas ferramentas para o combate ao mosquito.

 

Além de Rondonópolis e Sinop, Cláudia, Tapurah, Feliz Natal e Sorriso são algumas das cidades que também registram alta incidência.

 

Para se evitar a proliferação do transmissor da dengue, os moradores devem manter os quintais das casas limpos e sem recipientes que possam manter água parada.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 29/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,20 -3,96%

Algodão R$ 115,84 1,07%

Boi a Vista R$ 138,20 -0,40%

Soja Disponível R$ 75,00 -0,99%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.