Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 20/10/2020

Cidades - A | + A

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER 19.09.2020 | 13h25

Vítimas não denunciam por medo de agressor, diz enquete

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Nas últimas semanas, diversas denúncias de violência doméstica contra o advogado Cleverson Campos Contó começaram a aparecer. Ao menos 9 mulheres formalizaram as denúncias, que vão de abusos, agressões físicas, verbais, ameaças, chantagens e estupros. No começo, muitas tinham medo de denunciar o ex-companheiro, que dizia estar “acima da lei”.


O então questionou os leitores: “Denúncias de mulheres contra agressores demoram vir à tona por conta de posição social?”. O resultado da enquete demonstrou que as maiorias dos internautas acredita que as vítimas demoram a formalizar as denúncias por medo de represálias, tanto da sociedade como do agressor.


De acordo com a votação, aberta desde o último sábado (12), 72% dos leitores disseram que “as vítimas não denunciam no início das agressões por vergonha da sociedade e medo do acusado”.

 

Leia também - Justiça proíbe advogado de se aproximar de vítima de agressão


Em seguida, 23% votaram que “sim, infelizmente a posição social de acusados ainda deixam as vítimas acuadas”. Por fim, 5% afirmaram que “não, a posição social de suspeitos atualmente pouco importam à sociedade”.


A expectativa é que o número de vítimas do advogado Cleverson Campos Contó supere 15 mulheres, uma delas inclusive morando hoje na Argentina. As primeiras duas que tiveram coragem de denunciar o ex-companheiro dizem que, após a divulgação do caso, passaram a ser procuradas pelas outras vítimas.


A empresária Mariana de Mello Vidotto foi a primeira mulher a acusar publicamente Contó dos mais diversos tipos de agressões. A médica Laryssa Moraes inclusive mostra um vídeo de quando, após ser agredida por ele com socos no peito no corredor do apartamento, levou um chute no elevador. Entre as ex-companheiras são comuns os relatos de ofensas, agressões e invasões de domicílio.


Outros registros policiais de desentendimentos em casas noturnas e condomínio reforçam o histórico violento do advogado, que se dizia estar acima da lei e que passou a ser alvo de denúncias nas redes sociais.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 20/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,35 1,24%

Algodão R$ 117,24 -0,22%

Boi a Vista R$ 135,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,90 -0,45%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.